& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Veja por que Pedrinho perdeu a vaga de titular para Vagner Love

 
       
 

o técnico Fábio Carille tem feito cobranças ao jovem meia-atacante, de quem espera maior intensidade

 
  Por:

Voz da Fiel

04/04/2019 10:29:07  
       
 
 
 
       
   Veja por que Pedrinho perdeu a vaga de titular para Vagner Love   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Fábio Carille tem sido muito direto em suas entrevistas coletivas recentes ao falar sobre Pedrinho: para o técnico do Corinthians, o meia-atacante ainda não entrega ao time todas as características necessárias para a função que exerce. Por isso, tem sido reserva de Vagner Love.

Titular pela última vez no primeiro dos dois empates contra a Ferroviária, pelas quartas de final do Paulistão, Pedrinho entrou na parte final do segundo jogo contra a Ferrinha e também contra o Santos, no jogo de ida da semifinal.

Na quarta-feira, diante do Ceará, pela Copa do Brasil, não jogou por conta da expulsão de Cássio aos 16 minutos do segundo tempo. Com um a menos, o técnico Fábio Carille preferiu apostar na entrada de Ramiro, mais dedicado à marcação.
 
      
 

 
  Cobranças a Pedrinho

Nas últimas três entrevistas coletivas, o técnico deixou claras as suas queixas sobre Pedrinho. Depois do segundo jogo contra a Ferroviária, em que o garoto entrou e bateu o pênalti decisivo da classificação, o técnico justificou a preferência por Vagner Love por uma questão física.

– Eu sei que quando o jogo é intenso não podemos contar com Pedrinho pelos 90 minutos, então a gente fica na dúvida entre começar e terminar. E com Love tenho mais presença de área quando fazemos jogadas pelo lado esquerdo – disse, na ocasião.
 
 

 
  Depois do jogo contra o Santos, com a vitória por 2 a 1, Carille disse acreditar que a escalação de Vagner Love pelo lado direito deixa o time mais forte ofensivamente.

– A gente fica com mais poder de fogo, presença de área. Pedrinho ainda precisa entrar mais na área, principalmente quando a bola está do lado contrário. Isso vai tempo, pois ele é um meia que gosta de trazer a bola para dentro. A escolha é Love terminando as jogadas junto com Gustavo.

Por fim, na noite desta quarta-feira, Carille voltou a falar sobre a falta de "presença de área" do garoto de 20 anos. O técnico revelou que tem feito essa cobrança diretamente ao garoto.
 
 

 
  – Com o Love tenho mais força de ataque, ele tem mais presença de área, coisa que eu estou brigando demais com o Pedrinho. Ele tem o costume de só buscar bola no pé e trazer para dentro, e eu preciso que meus jogadores de lado sejam mais agudos... – falou o técnico, na quarta-feira.

– Os números mostram que o Pedrinho não é goleador e finalizador, ele é um meia que joga de lado, que nem o Jadson em 2015. É algo que ele precisa melhorar. A gente não tem uma participação dele sem bola. Por isso ele tem que ser mais incisivo, incomodar mais o adversário quando temos a bola – completou Carille.

Em 19 partidas na temporada, Pedrinho acumula quatro assistências e nenhum gol. Ele foi titular em sete partidas e saiu do banco de reservas em outras 12.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)