& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Vagner Love é apresentado e diz: aprendi a amar o Corinthians

 
       
 

de volta ao Timão o atacante pode reestrear neste sábado, na casa do Palmeiras

 
  Por:

Voz da Fiel

01/02/2019 13:53:02  
       
 
 
 
       
   Vagner Love é apresentado e diz: aprendi a amar o Corinthians   
  Foto: Bruno Cassucci/Globo Esporte  
       
  O atacante Vagner Love foi apresentado pelo Corinthians na manhã desta sexta-feira e disse estar pronto para o clássico contra o Palmeiras, neste sábado, às 17h (de Brasília), na arena do rival.

– Espero ser recebido com muita vaia, pode ter certeza disso. Mas posso trazer isso a meu favor. Sei que serei vaiado, mas não é a primeira nem a última vez que isso vai acontecer. Espero fazer o meu melhor e ajudar o Corinthians a vencer – avisou Vagner Love.

O clássico Palmeiras x Corinthians terá transmissão exclusiva do Premiere neste sábado, às 17h (de Brasília).

Love foi inscrito no Campeonato Paulista na última quinta-feira e, nesta sexta, participou de treino entre os jogadores que podem iniciar o Dérbi. Ainda que não esteja 100% fisicamente – disse precisar de mais treinos com bola – o atacante quer contribuir em campo.

– Como eu vinha treinando. Não estava tendo tanto treino com bola, é algo que estou precisando ainda. Mas o Dérbi é um jogo importante, todo jogador gostaria de estar em campo, eu não sou diferente. O Brasil todo para para ver essa partida, o mundo. Não é uma coisa que está sendo "bota o Vagner lá para jogar". Eu já vinha treinando. Se eu entrar jogando ou faltando 15 ou 20 minutos vou fazer o melhor para contribuir dentro do que a comissão está esperando para mim – afirmou.
 
      
 

 
  Revelado pelo Palmeiras na década passada, Love sabe o que representa um Dérbi. E espera retribuir a confiança da diretoria e o carinho da torcida:

– Me identifiquei muito com o Corinthians, estou muito feliz de poder voltar aqui. O início da minha carreira foi lá, sou grato por isso, a gente tem que ter gratidão. O Palmeiras fez eu me tornar jogador profissional e seguir mundo afora. Mas estou aqui, amo aqui, amo a torcida do Corinthians. Quero retribuir o carinho do clube e da diretoria, que fez esforço para estar aqui. Quero retribuir com gols, porque a cobrança é grande. Vou tentar sempre mostrar o meu melhor.

Ainda sobre a identificação com o Timão, Love comentou o fato de ter sido torcedor do Flamengo no passado e, com bom humor, fez uma analogia:

– Eu não vou negar minhas origens. Sou de Bangu, sempre torci, assisti e acompanhei. O Flamengo é o amor de mãe, e o Corinthians é o amor da esposa. Vamos deixar assim!

Aos 34 anos, Love inicia a sua segunda passagem pelo Corinthians. Na primeira, em 2015, ele disputou 50 partidas, marcou 16 gols e conquistou o título brasileiro.

O veterano estava no Besiktas, da Turquia, e chegou ao Timão sem custos, após rescindir contrato. Ele firmou vínculo de duas temporadas com o clube.

– Desde dezembro, quando surgiu a possibilidade de rescindir com o Besiktas, o primeiro time que me procurou foi o Corinthians. Daí então eles estavam sempre monitorando, perguntando da possibilidade de eu voltar. Surgiram contatos de outros clubes, mexeu muito comigo eu poder voltar, estar em um lugar que conheço, me identifiquei – ressaltou Love.

– Aprendi a gostar e amar o Corinthians. Quando ficou mais perto de a minha rescisão sair, dei minha palavra para o Corinthians, pois foi o clube que me procurou. (...) Isso é bom para o ego do jogador. Fiquei feliz de saber que as pessoas queriam contar com meu trabalho, meus serviços. Deixei claro que não faria leilão e, quando rescindisse meu contrato, sentaria com o Corinthians para estar aqui.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)