Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Vagner Love diz não saber se é titular ou reserva do Corinthians

 
       
  Segundo Marcelo Braga (Globo Esporte),

o atacante começou o jogo contra o Ceará pela ausência de Pedrinho e fez um dos gols

 
  Por:

Voz da Fiel

15/03/2019 17:11:40  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Marcelo Braga/Globo Esporte  
       
  Vagner Love tem dez jogos em sua segunda passagem pelo Corinthians. São seis como titular e quatro entrando no decorrer nas partidas.

Nos últimos quatro, alternou jogos em que saiu do banco com outros em que esteve na escalação inicial. Por conta deste revezamento, diz não ter certeza de qual o seu status no time.

– Vamos chamar o Carille e perguntar para ele (risos) – brincou.

– Como o calendário do Brasil é de muitos jogos, não acredito assim...Claro que o Carille tem aqueles que sempre vão estar em campo por quatro jogos seguidos, mas ninguém é máquina, vão ter que descansar. Como temos elenco competitivo, de qualidade, todos vão ter oportunidade. Qualquer um que entrar dá conta. Não posso dizer se me considero titular ou reserva, só o Carille pode dizer. Mas temos que treinar bem para criar essa dúvida nele – disse o jogador.
 
      
 
 
 
  Diante do Ceará, na vitória por 3 a 1 pela Copa do Brasil, Love foi titular pela ausência de Pedrinho, que acabou vetado por dores no ombro.

Inicialmente escalado pelo lado direito, ele passou a jogar como referência na segunda etapa, marcando um gol. Bem fisicamente, diz que pode ajudar em qualquer setor do ataque.

– Acho que devido às minhas condições físicas, ajuda muito. Em 2015 tinha muito jogador de qualidade pelo lado e teve a saída dos centroavantes, Guerrero saindo, Luciano contundido, aí joguei mais na minha posição de origem. Agora, antes de eu chegar, o Carille já tinha dado declarações sobre outras posições. Na beirada para acompanhar lateral joguei pouco na carreira, mas já joguei muito como segundo atacante, ele já me colocou assim. Falei que pote botar de lado, pode botar lá para trás. Estamos aí para ajudar – disse.