& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Urso admite que está sofrendo com calendário no Corinthians

 
       
 

Júnior Urso tomou a titularidade no Corinthians e não largou mais

 
  Por:

Voz da Fiel

29/03/2019 08:21:11  
       
 
 
 
       
   Urso admite que está sofrendo com calendário no Corinthians   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Desde o clássico com o São Paulo, o volante tem conquistado admiradores e a confiança da comissão técnica. Na última quarta, foi dele o gol alvinegro em cima da Ferroviária.

Apesar do bom momento e do respaldo da torcida, Urso não esconde que a maratona de jogos tem lhe trazido dificuldades. Em 40 dias, o jogador de 30 anos fez nove jogos, o que dá uma média inferior a um jogo a cada 5 dias.

“Muitos jogadores sentiram o cansaço durante a partida. Eu mesmo não tinha tantos jogos na China, lá não tinha jogos de domingo e quarta, os jogos eram sempre nos finais de semana, tinha um tempo de recuperação. Estou tentando o máximo possível me adaptar”, admitiu.
 
      
 

 
  “Estou aqui há dois meses e mesmo assim estou sentindo um pouco do cansaço, porém, tenho pessoas que estão me ajudando a me manter forte. Para a gente é muito importante que o jogo seja no domingo, pelo desgaste, ainda mais porque o Santos tem um jogo a mais de descanso”.

Não bastasse a falta do tempo ideal de descanso, os recentes sofrimentos do Corinthians para alcançar seus objetivos desgastam ainda mais os atletas. Contra Avenida-RS e Ferroviária, por exemplo, o Timão precisou se expor atrás do resultado e, em ambos os casos, Fábio Carille optou por sacar Ralf e deixar Urso mais isolado na responsabilidade de equilibrar o meio-campo.
 
 

 
  “Já fiz bastante esse primeiro volante. Quando ainda jogava no Coritiba eu fazia mais essa função, depois que eu fui saindo. Para mim não é novidade, não. Durante o jogo eu até comentei com o Ralf que achava que isso ia acontecer”, contou.

Agora o desafio é contra o Santos, time que tem um título Estadual a mais que o Corinthians na década. Domingo, o primeiro embate acontece na Arena.

“A minha ideia é que a gente iguale isso agora. Caso a gente passe a gente vai enfrentar mais um clássico. Então, vamos com os pés no chão buscar essa classificação”, concluiu.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Tomás Rosolino (Gazeta Esportiva)