& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Tranquilidade e preparação: armas de Gustagol para ajudar Corinthians

 
       
 

após passagens por Bahia, Goiás e Fortaleza, centroavante diz estar mais tranquilo e preparado nesta temporada no Corinthians

 
  Por:

Voz da Fiel

27/03/2019 07:52:34  
       
 
 
 
       
   Tranquilidade e preparação: armas de Gustagol para ajudar Corinthians   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Quem viu as atuações de Gustagol pelo Corinthians no segundo semestre de 2016 não imaginaria que o centroavante seria a principal esperança quase três anos depois. De lá pra cá, o jogador ganhou experiência atuando por Bahia e principalmente Goiás e Fortaleza. A dois dias de completar 25 anos, ele luta para ajudar o Timão avançar à semifinal do Paulistão no duelo de volta com a Ferroviária, às 21h30, na Arena em Itaquera, após o empate por 1 a 1 na partida de ida.

A evolução de Gustagol tem explicação: além de ter ganhado experiência, hoje ele está mais preparado e tranquilo para defender o Corinthians. Nesta temporada, foi bancado pelo técnico Fábio Carille e já marcou nove gols, sendo o artilheiro disparado da equipe.

- Hoje entro em campo tranquilo, trabalho muito na semana para estar preparado e quando a oportunidade chegar eu conseguir o gol. Os companheiros me deixam tranquilos, isso é fundamental - disse o centroavante.
 
      
 

 
  Em relação à preparação, Gustagol teve enorme ajuda da sua esposa, Mayara Zerbetto, que é personal trainer. Durante as férias entre as temporadas de 2018 e 2019, ela não deixou o atacante ficar parado. Resultado: logo na reapresentação no CT Joaquim Grava, Gustagol foi o melhor no "yo-yo test", exercício que consiste em dar piques de um lado para o outro.

- Não mudou muita coisa (de 2016 para 2019), Deus colocou uma mulher maravilhosa na minha vida, meu estilo de vida melhorou - afirmou Gustagol.

- Depois que acabou a temporada no Fortaleza não fiquei parado, minha esposa é personal e me botava para treinar. Isso foi fundamental para eu chegar bem. Até eu fiquei surpreso com o resultado. Nunca tinha passado do nível 16 (no teste de pré-temporada) e cheguei ao 20 - acrescentou.

Tranquilo e preparado, Gustagol chega confiante após ter voltado a atuar no último domingo e ter anotado o gol de empate por 1 a 1 com a Ferroviária. O Timão precisa da vitória para avançar sem depender de cobranças de pênaltis. Ou seja: precisa de gol, e aposta em seu centroavante nesta quarta-feira.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Ana Canhedo (Lance)