& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Time chinês quer contratar Fábio Carille para janeiro de 2020

 
       
 

O técnico tem contrato com o Timão até dezembro de 2020

 
  Por:

Voz da Fiel

11/09/2019 05:59:16  
       
 
 
 
       
   Time chinês quer contratar Fábio Carille para janeiro de 2020   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
 

O Corinthians vai voltar a conviver com um fantasma já conhecido pelo torcedor alvinegro: o risco de perder Fábio Carille para um clube do exterior. O treinador recebeu nas últimas horas uma proposta oficial do Tianjin Teda, da China. A oferta é para que ele assuma o clube a partir de janeiro do ano que vem.

Paulo Pitombeira, empresário de Carille, despistou sobre o assédio chinês. Já o presidente Andrés Sanchez revelou que a multa rescisória do treinador é alta e acrescentou que confia na vontade do técnico em permanecer Itaquera.

O Tianjin Teda é atualmente o nono colocado da Superliga Chinesa - são 30 pontos de desvantagem em relação ao Guangzhou Evergrande, que lidera o campeonato.

 
      
 

 
 

O Teda é comandado pelo técnico Uli Stielike desde setembro de 2017. O alemão, de 64 anos, parece decidido a deixar a China depois de pouco mais de duas temporadas, o que justifica a busca dos chineses por um novo treinador.

Essa não é a primeira vez que o nome de Carille é especulado no exterior em 2019. Em junho, cogitou-se que ele pudesse se transferir para o Al Hilal, da Arábia Saudita. Porém, o corinthiano havia sido oferecido, e não procurado.

 
 

 
 

No fim, o Al Hilal escolheu Ravzan Lucescu, filho de Mircea Lucescu, para comandar o clube.

A preocupação corinthiana em relação ao assédio chinês tem a ver com o passado: em 2018, Carille trocou o Timão pelo Al Wehda. Por lá, ele ficou pouco mais de um semestre, voltando ao Parque São Jorge para o início desta temporada.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Jorge Nicola (Yahoo Esportes)