& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Tiago Nunes aguarda regularização para contar com Yony González

 
       
 

Atacante colombiano precisa sair no BID da CBF até às 19h de sexta-feira para estar no clássico

 
  Por:

Voz da Fiel

14/02/2020 07:07:54  
       
 
 
 
       
   Tiago Nunes aguarda regularização para contar com Yony González   
  Foto: Marcelo Braga/Globo Esporte  
       
 

Tiago Nunes aguarda a regularização de Yony González para saber se poderá contar com o atacante contra o São Paulo neste sábado, às 19h (de Brasília), no Morumbi, pela sexta rodada do Paulistão.

Para jogar o clássico pelo Corinthians, o colombiano precisa aparecer no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF até às 19h de sexta. Na sequência, será adicionado pelo clube na lista do Campeonato Paulista.

Se tiver condições legais, vai jogar alguns minutos do clássico. A dúvida é se já será titular ou não.

Um provável Corinthians tem Cássio, Fagner, Pedro Henrique, Gil e Sidcley; Camacho e Cantillo; Yony González (Vagner Love), Luan e Pedrinho; Boselli.

 
      
 

 
 

O treino de ontem

Ainda no departamento médico, Danilo Avelar (pubalgia), Ramiro (estiramento no joelho direito) e Léo Santos (cirurgia no joelho direito) fizeram treinos especiais, mas estão longe do retorno ao gramado.

A escalação para o clássico será definida no treino de sexta-feira à tarde. Em relação ao jogo em que venceu o Guaraní do Paraguai por 2 a 1, o técnico deve fazer mudanças na frente. Por já terem idade avançada, a dupla Boselli (34 anos) e Love (35) pode não se manter para jogos em sequência.

 
 

 
 

Sidcley, escalado como titular na quarta-feira, deve continuar entre os 11. O técnico quer dar mais rodagem ao jogador, que ainda tem na falta de ritmo o seu maior problema neste início de ano.

Para esse jogo, é bom lembrar, o atacante Janderson volta a ser opção. Ele teve de cumprir suspensão automática na derrota por 1 a 0 para a Inter de Limeira, na Arena, no jogo da semana passada.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte