& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Sornoza prega respeito ao Avenida e quer melhorar no Corinthians

 
       
 

o meia equatoriano é o líder de assistências do Timão, mas diz que pode render mais

 
  Por:

Voz da Fiel

19/02/2019 18:37:09  
       
 
 
 
       
   Sornoza prega respeito ao Avenida e quer melhorar no Corinthians   
  Foto: Reprodução/Internet/Globo Esporte  
       
  O Corinthians terá pela frente um time da Série D do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, pela segunda fase da Copa do Brasil. O Avenida-RS eliminou o Guarani na estreia e vai à Itaquera para tentar surpreender o Timão, em duelo às 21h30.

Diante de um adversário de menor expressão, o meia Júnior Sornoza pediu atenção e respeito do Corinthians:

– A gente está procurando fazer o melhor em cada jogo. É muito difícil quando jogamos com times chamados pequenos e quando jogamos contra times chamados grandes. Temos que fazer o melhor, respeitar o Avenida, e será um grande jogo. Também respeitar a gente, o trabalho, o dia a dia, para ganhar os pontos – declarou, em entrevista coletiva.

Contratado no começo deste ano do Fluminense, Sornoza rapidamente se firmou como titular do Corinthians.

Embora seja o líder de assistências da equipe na temporada, com quatro passes para gols, o equatoriano acredita que pode render mais:

– Ainda não estou adaptado 100%, mas estou procurando dar o meu melhor para ajudar os companheiros, o professor está contente com meu trabalho, mas falta para chegar ao nível que quero. Os companheiros estão me ajudando.
 
      
 

 
  Sem Jadson, que está com dores no joelho direito, Sornoza passa a ser o principal armador do Corinthians. Desde o começo da temporada, ele também passou a dividir com o camisa 10 a responsabilidade pelas bolas paradas da equipe.

Posicionamento

– No Fluminense eu jogava na mesma função que joguei contra o São Paulo, me sinto muito bem, o professor (Fábio Carille) falou que estou fazendo um grande trabalho, vou sempre fazer meu melhor para seguir crescendo

Primeiro gol

– Estou muito ansioso, mas a ansiedade tem que acabar, tenho que ter tranquilidade para fazer um gol. Estou trabalhando para isso

Gustagol

– Bom para mim, para Jadson, para todos. É mais fácil, já sabemos onde temos que colocar a bola, sabemos que o Gustavo vai tocar na bola, tanto ele como Manoel e Henrique. Estamos tentando encaixar e entender bem os companheiros.

Lentidão da equipe

– Por momentos de jogo, tentamos fazer mais pressão na frente para ficar um pouco mais perto do gol do São Paulo. Fizemos um grande jogo, um pouco lento, mas é normal em início de temporada que o time sinta os jogos ainda. A partir dos próximos jogos, o time todo vai estar mais rápido.

Dicas para Bruno Méndez

– Tentar falar com todo mundo, conhecer os jogadores. É difícil quando a gente (estrangeiros) vem, não conhece ninguém, não conhece a cultura. Podemos ajudar muito ele, conhecemos um pouco o clube, a cidade um pouco, então podemos ajudar muito ele .
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)