& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Ralf pede atenção com jovens do Santos

 
       
 

segundo o volante do Timão os jovens do Santos “não têm medo de perder” e precisam de atenção por parte da marcação

 
  Por:

Voz da Fiel

30/03/2019 08:26:55  
       
 
 
 
       
   Ralf pede atenção com jovens do Santos   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Corinthians começa a decidir uma vaga na final do Campeonato Paulista na tarde deste domingo, na Arena, e já conversa sobre as dificuldades que terá pela frente. Na avaliação do volante Ralf, por exemplo, o Santos é um rival complicado de encarar pela forma como encara as partidas que tem pela frente. Para ele, os jovens do adversário não têm medo de perder.

“É um time muito rápido, muito leve, não tem medo de perder, se arrisca muito. Tivemos a oportunidade de jogar contra eles, acho que foi um dos melhores jogos da competição”, relembrou o camisa 15, citando o duelo pela décima rodada da competição, em Itaquera, que terminou empatado por 0 a 0.

Para o meio-campista, os corinthianos terão a missão de pressionar o adversário e usar o apoio da torcida a seu favor a partir do momento em que entrarem em campo. No entanto, ele alerta para uma possível armadilha preparada pelo técnico adversário, Jorge Sampaoli.
 
      
 

 
  “Sampaoli vem inovando, vai dando corda para o seu adversário para sair para o jogo. Esperamos saber lidar com ele”, observou Ralf, que não esteve presente no primeiro jogo entre as equipes na temporada, ainda antes da estreia oficial, em amistoso realizado em Itaquera.

Assim como no jogo valendo, o embate terminou empatado. O 1 a 1 foi construído com uma cabeçada de Gustagol, logo no começo do jogo, e um gol contra do zagueiro Pedro Henrique, após falta cobrada na área pelo meia Jean Mota.

“Clássico é sempre decidido em detalhes, espero que no domingo a gente consiga fazer um grande jogo. A gente está marcando lá em cima os adversários, o Santos não pode ser diferente. Vai ser decidido em detalhes”, concluiu o ídolo alvinegro.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Tomás Rosolino (Gazeta Esportiva)