Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Pilar de Carille, Fagner cresce com tempo em campo em 2019

 
       
  Segundo Ana Canhedo (Lance),

o treinador e lateral do Corinthians falam sobre a necessidade de jogar sempre para ter evolução na temporada. Com o físico em dia, ala estará em campo nesta quarta, no Ceará

 
  Por:

Voz da Fiel

13/03/2019 08:43:26  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians  
       
  Avaliado por Fábio Carille como um dos melhores do Corinthians em campo contra o Santos, no último domingo, o lateral-direito Fagner tem se sentido cada vez mais à vontade em campo neste começo de 2019. "Fominha", sabe da necessidade de ganhar tempo de jogo para evoluir e, por isso, vai estar em campo nesta quarta-feira, às 21h30, para enfrentar o Ceará, em Fortaleza, pela terceira fase da Copa do Brasil.

Com cuidados extras até nas férias para não voltar abaixo fisicamente, Fagner, segundo Carille, tem dificuldades com o começo das temporadas. O ala explicou o que fez no começo de 2019. Até aqui, são 14 jogos no ano.

- Já tem alguns anos que eu procuro me cuidar ao máximo nas férias para não sofrer durante a pré-temporada. Este ano eu fiz isso e contei até com a supervisão de um personal, que me acompanhou em alguns dias. Em outros eu trabalhei também com o que o pessoal do Corinthians nos passa. Com isso, consigo chegar bem no início dos jogos - disse Fagner.
 
      
 
 
 
  A evolução de Fagner em campo é determinante para o sucesso do trabalho de Carille neste momento. Afinal, o camisa 23 é o titular absoluto da equipe desde 2014 e, além de cumprir seu papel defensivo, faz a diferença também na construção das jogadas do meio para frente. O próprio Carille explicou:

- Trabalho com ele desde 2014, conheço bem o potencial, foi por mérito para uma Copa do Mundo. Agressivo na marcação e também tem visão de jogo. Ele é um armador pelo lado, acha passe, tem drible, tem cruzamento e vem crescendo, também. É um cara que precisa de jogo. O começo dele não é legal desde 2014, precisa de jogo, de tempo de trabalho. É muito qualificado - analisou o treinador do Corinthians.

Para Fagner, a evolução em 2019 trata-se de um processo natural e decorrente também da adaptação dos demais jogadores ao estilo de jogo do Timão.

- É natural que conforme vamos jogando mais, vamos conseguindo melhor ritmo de jogo e naturalmente acontece uma evolução técnica e física. É um time também com mudanças, com a volta de uma comissão técnica, reforços, saídas, e também leva tempo para que tudo se acerte da melhor maneira. Mas estamos no caminho certo, fizemos um dos nossos melhores jogos contra o Santos e a expectativa é de que essa evolução continue. Sou daqueles que quer jogar sempre, nos últimos anos sempre termino entre os que mais atuam no elenco, mas sabemos também que é preciso dosar, porque a temporada é muito longa - finalizou o lateral.