& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Os volantes Ralf e Júnior Urso criticam a fala do presidente do Santos

 
       
 

Ralf admitiu que os jogadores receberam o vídeo de Peres em seus celulares

 
  Por:

Voz da Fiel

29/03/2019 11:47:36  
       
 
 
 
       
   Os volantes Ralf e Júnior Urso criticam a fala do presidente do Santos   
  Foto: André Durão/Globo Esporte  
       
  A dois dias do primeiro jogo da semifinal do Paulistão, as declarações de José Carlos Peres, presidente do Santos, ganharam repercussão no CT do Corinthians. Entrevistados do dia nesta sexta-feira, os volantes Ralf e Júnior Urso foram questionados sobre a polêmica.

Em vídeo que viralizou nas redes sociais, Peres falou em "matar os gambás" nas semifinais.

Segundo Ralf, todos os jogadores do elenco já viram o vídeo.

– Chegou no celular de todos, pegou de surpresa, ainda mais véspera de um clássico tão importante. Mas são coisas que acontecem internamente, mas vamos focar no nosso objetivo e dar a resposta em campo. Fora de campo não adianta, é melhor focar nas quatro linhas – disse Ralf.
 
      
 

 
  – Somos adversários, não somos inimigos. Claro que sobrecarrega num clássico desse, numa semifinal, mas temos que focar em jogar, nosso objetivo maior é vencer esse jogo – completou.

Para Urso, esse tipo de provocação era comum no passado, mas não tem mais vez no futebol.

– Acho que já aconteceu muito no futebol, antigamente era normal presidente ou jogadores provocando, era normal no passado. Mas o futebol mudou dentro e fora do campo, tem que ter respeito. É uma opinião dele se expressar desta forma. Temos que nos permanecer calmos, de repente é para tentar nos desestabilizar. Temos que ser maduros para não absorver coisas ruins.
 
 

 
  A polêmica

Num vídeo que circula na internet, o presidente do Santos fez declaração provocativa e usou a palavra "gambá" para se referir ao Corinthians, termo pejorativo costumeiramente usado por torcedores rivais aos corinthianos.

– Segunda-feira, todo mundo aqui no Pacaembu. Vamos lotar, esgotar esses ingressos imediatamente. Vamos fazer um grande jogo contra o Corinthians já no primeiro jogo, e no segundo a gente mata os gambás de vez – discursou o presidente do Santos.
 
 

 
  Na noite de quinta, o Santos divulgou uma nota em que Peres se desculpa:

"Dada a repercussão de uma conversa bastante informal com alguns torcedores santistas na noite desta quinta-feira (28), o Presidente José Carlos Peres vem a publico esclarecer que preza pelo respeito a todos os adversários, e que a declaração gravada trata-se de um trecho que acabou descontextualizado.

"Não trata-se de montagem ou coisa do tipo, esta é uma fala que foi tirada do contexto, onde eu respondia a uma provocação direcionada aos nossos torcedores. Ainda assim não justifica a brincadeira de péssimo gosto. Peço desculpas caso alguém tenha se sentido ofendido e desejo que tenhamos dois grandes clássicos na próxima semana, com bom futebol e respeito acima de tudo."
 
 

 
  Mais cedo, o presidente do Santos havia se esquivado ao comentar a declaração de Andrés ao "Grande Círculo", programa do SporTV.

– Andrés é um grande amigo, respeito muito. Ele é um brincalhão, não dá para discutir com o Andrés. Ele vive tirando uma e diz que sou louco. Isso é bom, né? Louco todo mundo respeita. Ele é boa gente. Ele é gozador o tempo todo e faz as provocações dele. Não quero nenhuma briga com ele. Nunca tive nenhum problema e não vai ser agora – disse.

Corinthians e Santos iniciam a disputa das semifinais do Paulistão neste domingo, às 16h (de Brasília), em Itaquera.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)