& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

O Timão sem grana seria fake news - Podcast nº 6

 
       
 

Vamos falar sobre as finanças do Corinthians e questionar como o Timão gasta a grana que arrecada

 
  Por:

Voz da Fiel

19/06/2019 14:02:02  
       
 
 
 
       
   O Timão sem grana seria fake news - Podcast nº 6   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  Assista abaixo ao Podcast Voz da Fiel #6



Se você preferir, clique no link para acessar o nosso canal no Youtube e assistir ao Podcast Voz da Fiel #6. Não se esqueça de se inscrever no nosso canal no Youtube e deixe o seu comentário sobre o que achou!

Veja abaixo todas as informações em detalhes que foram utilizadas para a gravação do vídeo
 
      
 

 
  RANKING DOS CLUBES DA SÉRIE A COM AS MAIORES FOLHAS CLT

O levantamento foi baseado no registro de jogadores do sistema da CBF. Neste documento constam as folhas de pagamento dos clubes da elite do Brasileirão e não inclui os direitos de imagem. Cabe lembrar que este fator completa os salários dos jogadores fora da carteira de trabalho e pode chegar até 40% dos vencimentos do atleta. Nestes casos notas são emitidas para recebimento do pagamento.

Quem ganha um total de R$ 100 mil mensais pode ter registrados R$ 60 mil na carteira e receber mais R$ 40 mil emitindo nota. Mas há clubes que mantêm parte do elenco ou alguns atletas com toda a remuneração colocada no contrato CBF, ou seja, tudo na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

• Palmeiras – R$ 8,5 milhões
• Cruzeiro – R$ 7,6 milhões
• Corinthians – R$ 7,4 milhões
• Flamengo – R$ 6,5 milhões
• Internacional – R$ 4,7 milhões
• Santos – R$ 4,4 milhões
• São Paulo – R$ 4,3 milhões
• Grêmio – R$ 4,2 milhões
• Atlético-MG – R$ 4 milhões
• Vasco – R$ 3 milhões
• Bahia – R$ 2,8 milhões
• Athletico – R$ 2,5 milhões
• Botafogo – R$ 2,5 milhões
• Fluminense – R$ 2,5 milhões
• Goiás – R$ 2,2 milhões
• Chapecoense – R$ 1,75 milhão
• Fortaleza – R$ 1,5 milhão
• Ceará – R$ 980 mil
• Avaí – R$ 700 mil
• CSA – R$ 300 mil
 
 

 
  O TIME SUB-23 RECÉM-CRIADO

Quando criada, o intuito era dar chance para os jogadores que não tinham mais idade para atuar no Sub-20 e para os que ainda não estavam prontos para o profissional. A equipe disputaria duas competições: o Brasileiro de Aspirantes e a Copa Paulista.

Só que o Corinthians fez a contratação de 15 novos jogadores para a categoria que deveria aproveitar quem não tinha sendo aproveitado. Entre os 15 novos nomes, estão jovens que possuem idade para o Sub-20, o que é ainda mais estranho.

• Jorge Colmán (atacante, ex-Olímpia-PAR)
• Fran (meia-atacante, ex-Primavera)
• Hugo Borges (atacante, ex-Vasco)
• Gabriel Silva (ponta, ex-Flamengo)
• Luan (lateral-esquerdo, ex-Vasco)
• Willian Felix (lateral-esquerdo, ex-São Bernardo)
• Reifit (meia, ex-Flamengo)
• Emerson (volante, ex-CRAP)
• Raul (lateral-direito, ex-Grêmio)
• Christofer (goleiro, ex-Capivariano)
• Eduardo Britto (zagueiro, ex-Bangu)
• Gil (atacante, ex-XV de Jaú)
• Rodrigo Fernandes (volante, ex-Vasco)
• Eduardo Gonçalves (volante, ex-Palmeiras)
• Gabriel de Paula (zagueiro, ex-Juventus)

O excesso de novos jogadores levantou mais dúvidas nos torcedores, que não demonstram gostar da nova categoria. Para piorar, os jogos estão sendo realizados com portões fechados e a torcida nem tem conseguido acompanhar presencialmente o novo time.

Para que trazer tantos novos nomes? E porque não utilizar quem fica sem jogar no profissional? Ou trazer de volta quem está emprestado sem conseguir jogar em outros clubes?
 
 

 
  VEJA OS 27 JOGADORES EMPRESTADOS PELO CORINTHIANS

DEFENSORES(7)
Yago (Goiás) – até 31 de dezembro de 2019 (NÃO VOLTARÁ)
Vinícius Del’Amore (Oeste) – até 30 de abril de 2019
Léo Santos (Fluminense) – até 31 de dezembro de 2019
Guilherme Mantuan (Ponte Preta) – até 31 de dezembro de 2019
Léo Príncipe (Guarani) – até 31 de dezembro de 2019 (NÃO VOLTARÀ)
Guilherme Romão (São Bento) – até 30 de abril de 2019
Juninho Capixaba (Grêmio) – até 31 de maio de 2019

MEIO-CAMPISTAS(12)
Paulo Roberto (Fortaleza) – até 31 de dezembro de 2019 (NÃO VOLTARÁ)
Fellipe Bastos (Vasco) – até 31 de dezembro de 2019 (NÃO VOLTARÁ)
Camacho (Athletico Paranaense) – até 31 de dezembro de 2019
Douglas (Bahia) – até 31 de dezembro de 2019
Jean (Botafogo) – até 31 de dezembro de 2019
Marciel (Oeste) – até 31 de dezembro de 2019
Warian (CRB) – até 31 de dezembro de 2019
GIOVANNI AUGUSTO (Goiás) – até 31 de dezembro de 2019
Marlone (Goiás) – até 31 de dezembro de 2019
Guilherme (Bahia) – até 31 de dezembro de 2019 (NÃO VOLTARÁ)
Renan Areias (Red Bull Brasil) – até 31 de maio de 2019
Rodrigo Figueiredo (Joinville) – até 30 de abril de 2019

ATACANTES(8)
Luidy (Londrina) – até 31 de dezembro de 2019
Bruno Paulo (Brasil de Pelotas) – até 31 de julho de 2019 (NÃO VOLTARÁ)
Matheus Matias (Ceará) – até 31 de dezembro de 2019
Lucca (Al Rayyan-QAT) – até 31 de julho de 2019 (NÃO VOLTARÁ)
Carlinhos (Novorizontino) – até 30 de abril de 2019
Junior Dutra (Al Nasr) – até 30 de junho de 2019
Gabriel Vasconcelos (Oeste) – até 30 de abril de 2019
Bruno Xavier (Oeste) – até 31 de maio de 2019
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Alexandre Gómez (Voz da Fiel)