Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Na Arábia sobrava tempo para Carille, no Timão não será assim

 
       
  Segundo Tiago Salazar (Gazeta Esportiva),

o excesso de jogos e um calendário mal planejado com muitas competições é o maior desafio dos técnicos que atuam no Brasil

 
  Por:

Voz da Fiel

02/01/2019 09:09:44  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Gazeta Esportiva  
       
  Fábio Carille deixou o Corinthians em maio, pouco depois de levar o Timão ao título do Campeonato Paulista em cima do Palmeiras, em pleno Allianz Parque. Sua estreia no Al Wehda, porém, só aconteceu dia 13 de setembro, pela segunda rodada da Premier League da Arábia Saudita.

No curto período de trabalho na Ásia, Carille esteve à beira do campo em apenas 12 jogos e teve uma média de sete dias para treinar seus jogadores entre um compromisso e outro. O Al Wehda chegou a ter intervalos de 10, 11 e até 12 dias para a partida seguinte.

De volta ao apertado calendário brasileiro, o sucessor de Jair Ventura não terá moleza desde o início. A apresentação do elenco e da comissão técnica está marcada para o dia 3 de janeiro. A partir daí, serão 17 dias de pré-temporada no CT Joaquim Grava. Um amistoso contra o Santos, dia 13, na Arena – esse já confirmado –, e outro ainda a ser definido, mas com previsão para acontecer dia 16, serão os únicos testes antes do Campeonato Paulista.
 
      
 
 
 
  Dada a estreia no Estadual, diante do São Caetano, dia 20, em Itaquera, o Corinthians emendará uma sequência de 12 confrontos amontoados. Destaque para o primeiro desafio na Copa Sul-Americana, contra o Racing-ARG, agendado para o dia 14 de fevereiro, apenas dois dias antes do clássico com o São Paulo.

A estrei na Copa do Brasil também pode ser um problema. O Timão terá de visitar o Ferroviário no Ceará quatro dias depois do Derby com o Palmeiras no Allianz Parque e com o agravante da partida pelo torneio nacional ser eliminatória em jogo único.

Se mesmo assim os corintianos avançarem à segunda fase da Copa do Brasil, a primeira semana livre de Fábio Carille nesse seu retorno ao Alvinegro do Parque São Jorge, a princípio, só acontecerá entre os jogos contra São Bento e Santos, marcados para os dias 2 e 10 de março, respectivamente.