Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Mateus Vital: Espero que a gente possa conquistar títulos

 
       
  Segundo o Corinthians,

o meia atendeu a imprensa no CT Dr. Joaquim Grava, durante apresentação do novo equipamento SmartGol, do LAB R9

 
  Por:

Voz da Fiel

15/01/2019 12:19:22  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Nesta terça-feira (15), o Timão deu sequência aos treinos para a estreia no Campeonato Paulista de 2019. Após a atividade, no CT Dr. Joaquim Grava, o Alvinegro apresentou à imprensa o novo equipamento SmartGol, do LAB R9, e o meia Mateus Vital atendeu os jornalistas para falar sobre a novidade.

“Nunca tinha trabalhado com nada parecido, mas é bom para a gente, faz com que a gente pense rápido, que nosso cognitivo trabalhe, e isso facilita. Quando a bola chega, já pensamos na frente do adversário. Tivemos que dar o passe forte ali, passe europeu que a gente chama, a bola não vem rasteirinha, então tem que fazer o domínio certo para acertar a bola lá", disse Vital.

O meia também falou sobre o retorno do técnico Fábio Carille e as expectativas para a temporada. "Nenhum treinador é igual ao outro, Carille veio implementar o trabalho dele, como fez no começo do ano passado, trabalhei com ele de janeiro a maio de 2018, então já conhecia bastante, ele veio com o trabalho que acha que vai nos ajudar e ajudar o Corinthians. Espero que a gente possa conquistar títulos, que é o que a torcida merece. Espero que seja uma boa temporada".
 
      
 
 
 
  Vital comentou a respeito da concorrência para uma vaga no meio-campo da equipe alvinegra. "Normal no Corinthians, um clube gigante. Vêm jogadores qualificados, é bom para fortalecer o elenco numa temporada cheia de jogos. Bom que o elenco fique recheado de jogadores qualificados, vamos precisar de todo mundo”.

Antes de encerrar, o meia falou sobre a pré-temporada do Timão, com Carille. “Ele procura deixar todo mundo preparado para colocar os 11 e todos estarem aptos. Isso que quero (ser titular), vou trabalhar e fazer o que o professor pede para ajudar Carille, os companheiros e o Corinthians chegar num patamar bem alto", concluiu Mateus Vital.