& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Jadson cita incômodo com fase do Corinthians e pede paciência

 
       
 

o meia afirma que a equipe argentina está entrosada, enquanto o Timão busca formação ideal

 
  Por:

Voz da Fiel

13/02/2019 16:51:36  
       
 
 
 
       
   Jadson cita incômodo com fase do Corinthians e pede paciência   
  Foto: Bruno Cassucci/Globo Esporte  
       
  O início de ano ruim do Corinthians incomoda não apenas torcedores, mas também jogadores e membros da comissão técnica. É o que diz o meia Jadson, que admite a necessidade de uma rápida reação da equipe, mas pede paciência à torcida.

Em sete partidas oficiais e um amistoso em 2019, o Corinthians sofreu três derrotas, teve três empates e duas vitórias, aproveitamento de 33%. O próximo jogo é diante do Racing, da Argentina, na estreia da Copa Sul-Americana, às 21h30, desta quinta-feira.

– Isso (má fase) tem incomodado o grupo todo, a comissão, os torcedores. Já tem um tempo (desde o início da temporada), são oito jogos e a equipe ainda não caminhou. Mas a gente vem trabalhando para que melhore. Para os novos jogadores é questão de entrosamento, é preciso paciência da torcida. Isso é bom para o grupo, para a comissão (a chegada de reforços). Temos que encontrar o caminho das vitórias jogando bem o mais rápido possível – declarou.
 
      
 

 
  Questionado sobre qual deve ser a postura diante do Racing, líder do Campeonato Argentino, Jadson afirmou:

– Agressiva, dentro de casa a gente tem que se impor, com a bola conseguir triangulações, se aproximar, não deixar a equipe deles à vontade na nossa casa. E fazer um bom jogo, estamos precisando de uma vitória novamente para ganhar confiança para os próximos jogos – declarou.

O camisa 10 também disse que é necessário ter paciência para evitar a sina de expulsões recentes em torneios sul-americanos. Nas últimas quatro eliminações em competições continentais o Timão recebeu pelo menos um cartão vermelho.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)