Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Gustagol, atacante marca novamente e Timão bate Ponte Preta

 
       
  Segundo o Corinthians,

alvinegro volta a jogar já nesta quarta, quando pega o Red Bull na Arena Corinthians; ingressos para a partida já estão à venda

 
  Por:

Voz da Fiel

26/01/2019 21:48:38  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Neste sábado (26), na Arena Corinthians, o Corinthians entrou em campo pela terceira rodada do Campeonato Paulista de 2019. Com a presença de 25.865 torcedores, o Timão enfrentou a Ponte Preta e ganhou por 1 a 0, com gol de Gustavo. Foi a primeira vitória corinthiana na competição estadual este ano.

Homenagem às vítimas de Brumadinho:

Antes da bola rolar na Arena Corinthians, houve um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do trágico rompimento da barragem de Brumadinho-MG, ocorrido no início da tarde da última sexta-feira (25).

Coringão escalado:

Comandado pelo técnico Fábio Carille, o Corinthians começou o jogo com Cássio, Léo Santos, Marllon, Pedro Henrique e Danilo Avelar; Thiaguinho, Ângelo Araos, Pedrinho e Mateus Vital; Gustavo Silva e Gustavo. À disposição do treinador, no banco de reservas, iniciaram: Walter, Filipe, Fagner, Henrique, Ralf, Richard, Ramiro, Sornoza, Jadson, Mauro Boselli e André Luís.

Primeiro tempo:

O jogo começou equilibrado e as equipes não chegaram com perigo até os 26 minutos, quando uma forte chuva atingiu a região da Arena Corinthians e forçou a paralização da partida. Na parada, o show foi da Fiel, que não parou de cantar alto e fazer festa um segundo sequer.

Na retomada do duelo, o Corinthians criou a primeira chance. Aos 32, pelo lado direito, Gustavo tocou para Araos, que fez o cruzamento. A bola quicou na frente do goleiro, que se atrapalhou com o gramado molhado.

Novamente pela direita, o Corinthians chegou com perigo aos 38. Pedrinho rolou para Léo Santos, que cruzou rasteiro e forte. A bola passou por todos os jogadores que estavam dentro da área.

"A falta de entrosamento e a chuva, que está atrapalhando nossa posse de bola, dificultaram bastante nosso primeiro tempo", disse Pedrinho, em entrevista ao Sportv, ao fim da primeira etapa.
 
      
 
 
 
  Segundo tempo:

Logo aos cinco minutos, o Corinthians criou a primeira boa chance na etapa final. Fora da área, Mateus Vital bateu forte, a bola quicou no gramado molhado e dificultou a defesa do goleiro da Ponte Preta. Aos 11, o técnico Fábio Carille fez a primeira alteração: entrou Jadson para a saída de Ângelo Araos.

No minuto seguinte, o camisa 10 do Timão começou a aparecer. Aos 12, em jogada de escanteio, Jadson cruzou, Marllon subiu mais alto e cabeceou muito perto do gol. Aos 16, em novo escanteio, o meia deu mais um belo cruzamento. Desta vez, quem apareceu para cabecear foi Pedro Henrique. O goleiro da Ponte Preta se esticou e espalmou no cantinho.

Aos 19 minutos, Fábio Carille fez a segunda alteração do Corinthians: saiu Gustavo Silva para a entrada do estreante Mauro Boselli. Aos 24, o treinador realizou a terceira – e última – substituição com Fagner no lugar de Léo Santos. Aos 27, a Ponte Preta assustou. Em cobrança de falta, a bola foi alçada na área e Renan Fonseca cabeceou na trave.

Aos 32 minutos, o Corinthians chegou ao gol da vitória. Fagner rolou para Pedrinho, que só ajeitou para Gustavo bater e balançar a rede da Ponte Preta. Foi o terceiro gol do atacante em quatro jogos disputados na temporada. Aos 45, o lateral direito corinthiano fez bom cruzamento, o camisa 19 apareceu novamente e cabeceou. A bola passou muito perto.