& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Diretor diz que faltou dinheiro para o Corinthians contratar reforços de peso

 
       
 

Duílio Monteiro Alves cita negociação avançada por Davó e explica perfil de reforços para 2020

 
  Por:

Voz da Fiel

11/10/2019 06:10:45  
       
 
 
 
       
   Diretor diz que faltou dinheiro para o Corinthians contratar reforços de peso   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
 

Em mais uma atuação ruim, o Corinthians ficou apenas no empate por 2 a 2 com o Athletico Paranaense nesta quinta-feira, na Arena, em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro. Após a partida, o técnico Fábio Carille admitiu que o clube alvinegro buscou a contratação do meia Rodriguinho e dos atacantes Roger Guedes e Gabigol.

Questionado sobre a situação, Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, admitiu o interesse pelo trio no inicio da temporada e explicou o que faltou para o Timão concretizar as três negociações.

"Curto e grosso, dinheiro. O presidente já colocou isso uma vez. Em relação ao Gabigol, conversamos, tinha opção, mas os valores oferecidos pelo outro clube foram muito altos e o Corinthians entendeu que não era possível. Faltou dinheiro. O Rodriguinho não teve nada. Treinador gosta, a gente gosta, mas ele foi comprado pelo Cruzeiro e o Corinthians nem entrou nessa briga. Em nenhum momento entramos nessa briga por causa desse investimento no passe", disse.

 
      
 

 
 

"No caso do Gabriel era empréstimo e o Roger Guedes na China, ganhando o que ganha, é impossível trazer, apesar de termos tentado. A gente tem um grupo de jogadores que a gente confia. No início do ano fomos campeões, não jogando um bom futebol, mas o resultado veio", completou.

O diretor corinthiano analisou o desempenho da equipe comandada por Carille em 2019. Até o momento, o Timão conquistou o Campeonato Paulista, foi eliminado na semifinal da Copa Sul-Americana e briga pelo G4 do Brasileirão. Duílio ainda deixou em aberto a possibilidade de um "reforço de peso" para a próxima temporada.

 
 

 
 

"Na Sul-Americana fizemos um bom campeonato. Temos jogadores de qualidade, chegaram muito esse ano, todos que o treinador pediu. A gente infelizmente ainda não está pronto, mas sabemos que depende de tempo. Para o ano que vem, já estamos trabalhando para reforçar ainda mais, como sempre", analisou.

"Não sei em termos de nome. Entendo que nosso grupo tem jogadores que resolvem, mas que não passam por bom momento, mas que já resolveram tanto aqui quanto em outro clube. Boselli, Vagner Love, sempre foram decisivos. Se pudermos trazer um jogador de peso, sem fazer loucura, a gente vai trazer".

 
 

 
 

Duílio também admitiu que o Timão tem negociações avançadas por Davó, atacante de 20 anos, que tem se destacado no Guarani na Série B.

"Está bem encaminhado. Tivemos algumas conversas, mas ainda não está fechado. Estamos trabalhando em cima disso. É um momento que eu, como diretor, tenho que pensar no futuro. Trabalhamos mais quietos, vamos dizer assim. Estamos em uma reta final de campeonato, mas não é hora de falar muito sobre isso", finalizou.

O Bugre tenta segurar o jovem até o fim do Paulistão do ano que vem e também pede que o contrato de venda tenha uma cláusula que impeça o Corinthians de emprestar Davó para a rival Ponte Preta.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel