& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Derby promove primeiro embate de patrocinadores dos rivais

 
       
 

muito em conta pelo apelo do banco em superar o número de seguidores no Twitter do rival e pelas provocações do Diretor de Marketing do Corinthians durante a apresentação do novo patrocínio Máster do Timão

 
  Por:

Voz da Fiel

02/02/2019 09:03:38  
       
 
 
 
       
   Derby promove primeiro embate de patrocinadores dos rivais   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Derby deste sábado coloca em jogo a tranquilidade do Corinthians diante da preparação do Palmeiras para a temporada, mas um embate fora de campo também chama a atenção. Será a primeira vez que as camisas dos eternos rivais levarão os patrocínios da Crefisa e do BMG, instituições que rivalizam em parte do mercado e que chegaram a travar um pequeno embate recente.

Provocado e protagonizado quase integralmente pelo BMG, o “confronto” virtual teve o banco mineiro pedindo que sua conta no Twitter ultrapasse pouco mais de 23 mil seguidores, justamente o número do investidor palmeirense, ainda que não citasse diretamente a Crefisa.

O objetivo foi atingido com louvor e o BMG hoje tem 76 mil seguidores, o dobro da Crefisa, mas o tom de rivalidade ficou pelas redes sociais. Logo na apresentação, ambos os lados fizeram questão de desmistificar o tema. Principalmente o BMG.
 
      
 

 
  “Não é tem nenhum desgaste com outro patrocinador. Nosso negócio é ganhar dinheiro, por isso a gente conclama a torcida corintiana a aplicar no BMG. Não vamos entrar em guerra de torcida, a gente respeita e é normal. Tenho que gerar resultado”, disse Ricardo Alaor, representante do banco.

Do outro lado, a mais longeva e consolidada parceria entre Crefisa e Palmeiras não deu tanta bola para a chegada de um concorrente. No dia em que anunciou mais três anos de contrato, com números extraordinários, a presidente da patrocinadora, Leila Pereira, também conselheira do clube, foi enfática.

“Deixa eu te falar uma coisa. Aqui nós estamos conversando sobre o Palmeiras, decacampeão brasileiro, o maior campeão do Brasil. Então, eu não gostaria de falar de outros clubes, tá bom?”, apontou a já calejada palmeirense, sem entrar em maiores embates.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Esportiva