& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Danilo Avelar rebate críticas e ganha elogios de Carille no Timão

 
       
 

Danilo Avelar disse: se eu fosse tão ruim quanto falavam, não teria jogado nenhum jogo

 
  Por:

Voz da Fiel

03/02/2019 07:26:02  
       
 
 
 
       
   Danilo Avelar rebate críticas e ganha elogios de Carille no Timão   
  Foto: Marcos Ribolli/Globo Esporte  
       
  O Dérbi foi de Danilo Avelar. Muito criticado pela torcida do Corinthians desde o ano passado, o lateral-esquerdo marcou o gol da vitória do Timão sobre o Palmeiras, na casa do arquirrival. Após a partida, o jogador se defendeu das vaias que recebeu em outros jogos e teve o apoio do técnico Fábio Carille.

– Tenho a cabeça tranquila, as pessoas que estão do meu lado me apoiam. Sei que no futebol você vive de momento. Não é a primeira vez que passa isso comigo. Tem de saber lidar. Agradeço muito à comissão e aos companheiros, temos um ambiente muito claro e limpo no CT. Essas coisas de fora não interferem. Estou muito tranquilo fazendo meu trabalho. Se eu fosse tão ruim quanto falavam, não teria jogado nenhum jogo – afirmou Avelar.

Contratado do Torino, da Itália, em junho do ano passado, Danilo Avelar chegou em um momento de instabilidade do Corinthians e não conseguiu se firmar. Pior, se transformou em um dos alvos preferidos da torcida. Ele ainda perdeu a posição para o garoto Carlos Augusto, hoje servindo a seleção brasileira sub-20 no Sul-Americano da categoria.

– É óbvio que quando a notícia não é boa, por mais que você fuja dela, sempre passa na sua frente. Eu não fui nenhum moleque para fugir da realidade. Para sair de uma situação complicada, que eu sinceramente não considero tão ruim quanto falavam, é enfrentando. Então, ergui a cabeça, abri o peito... Para me aplaudirem um dia vou ter que fazer melhor. Não tem outra solução a não ser trabalhar, ser justo e ganhar confiança de todo mundo e fazer o gol quando é preciso, igual a hoje – festejou.
 
      
 

 
  Avelar também ganhou apoio do técnico Fábio Carille na entrevista coletiva após a vitória no clássico.

– Primeiro, o cara é um ser humano. Não sei por que essa cobrança sendo que o time estava mal (no ano passado). Não sei por que pegam o cara para Cristo. Vocês da imprensa fazem parte disso. É um puta profissional. Se não tivesse cabeça boa, não estaria jogando mais. É o jogador mais regular desde a minha passagem. Ele manteve, não tomando bola nas costas. Um erro dele parece que ele é o pior jogador do time. Mas temos de respeitar o ser humano. E com o Avelar muitas vezes não foi feito – disse Carille.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)