& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians terá a sua Arena até o dia 1º de junho antes da Copa América

 
       
 

O último compromisso será na oitava rodada do Campeonato Brasileiro

 
  Por:

Voz da Fiel

14/05/2019 14:44:35  
       
 
 
 
       
   Corinthians terá a sua Arena até o dia 1º de junho antes da Copa América   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Comitê Organizador Local da Copa América 2019 divulgou nesta terça-feira as datas limites de utilização dos estádios pelos clubes brasileiros antes de serem reservados para o torneio. As seis sedes ficarão à disposição do calendário local até no máximo a oitava rodada do Brasileirão.

Os estádios separados para a Copa América são: Arena Corinthians, Arena do Grêmio, Fonte Nova, Maracanã, Mineirão e Morumbi. O tempo de portões fechados varia de um estádio para outro. Juntos, esses estádios receberão 17 jogos até 9 de junho. O torneio de seleções começa cinco dias depois, com o jogo de abertura entre Brasil e Bolívia, pelo Grupo A, no Morumbi.

Os clubes que costumam mandar partidas nesses estádios (Bahia, Corinthians, Cruzeiro, Flamengo, Fluminense, Grêmio e São Paulo) teriam de buscar alternativas na nona rodada, a última antes da pausa no calendário. Só que todos jogarão fora de casa e conseguirão escapar do prejuízo técnico.
 
      
 

 
  - A definição das datas possibilitará ao Comitê Organizador Local ter de 14 a 21 dias alternados de resguardo do campo para o plantio da grama de inverno, considerando a primeira partida de cada sede. No caso do Maracanã, o novo gramado, trocado na última semana, já veio semeado com a grama de inverno de lavoura, portanto, sem a necessidade de um período tão longo quanto os demais estádios - informou o comitê em nota.

Últimos jogos na Arena Corinthians – São Paulo

• Corinthians x Deportivo Lara (22 de maio – CONMEBOL Sul-Americana)
• Corinthians x São Paulo (25 de maio – Campeonato Brasileiro)
• Corinthians x Goiás (1º de junho – Campeonato Brasileiro)
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel