& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians tem vantagem em duas decisões e Love pede inteligência

 
       
 

com a vantagem nas duas decisões de mata-matas Love diz que o time ainda não conquistou nada

 
  Por:

Voz da Fiel

02/04/2019 08:50:22  
       
 
 
 
       
   Corinthians tem vantagem em duas decisões e Love pede inteligência   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Corinthians fez 3 a 1 no Ceará em Fortaleza e 2 a 1 em cima do Santos em Itaquera. Os resultados deram ao time do Parque São Jorge vantagem nas decisões pela Copa do Brasil e Campeonato Paulista, respectivamente. No intervalo de uma semana, o time tem a chance de confirmar vaga na quarta fase do torneio nacional e na grande final do Estadual pelo terceiro ano seguido.

A situação favorável fez com que Vagner Love manifesta-se seu sinal de alerta. O experiente atacante não quer que o Corinthians despreze o que conquistou nos duelos de ida, mas que saiba como usá-los da melhor maneira.

“A gente sabe que temos uma pequena vantagem, que eles vão querer vir para cima da gente e a gente tem de estar preparado para fazer um bom jogo na próxima segunda-feira”, disse o camisa 9, em referência ao clássico regional.
 
      
 

 
  “A gente está se preparando, evoluindo a cada jogo que passa. Acho que esses jogos têm uma concentração maior, por ser um clássico, por ser uma semifinal. Acho que o Corinthians está crescendo na hora certa, no momento certo”.

Nessa quarta, às 21h30, o duelo é na Arena. Até mesmo com uma derrota por 1 a 0 o Corinthians despacha o Vozão da Copa do Brasil. A tendência é que Fábio Carille utilize uma equipe mista entre titulares e reservas, mas nada disso serve de desculpa para Vagner Love.

“A gente sabe que tem mais um jogo, conseguimos um resultado importante, mas não acabou. Tem mais um jogo”, avisou. “Agora é virar nossa chave, é mais uma decisão, temos de estar todos nós preparados para que a gente possa concluir a classificação. Temos de jogar com essa vantagem, ser inteligente e conseguir essa classificação”, concluiu.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Tomás Rosolino (Gazeta Esportiva)