});
& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians quer jogar todas as suas partidas na Arena até a Copa América

 
       
  Segundo Tomás Rosolino (Gazeta Esportiva),

o período de utilização teria sua validade vencida após o confronto contra o Flamengo

 
  Por:

Voz da Fiel

13/05/2019 07:55:18  
       
 
 
 
       
   Corinthians quer jogar todas as suas partidas na Arena até a Copa América   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Corinthians terá de ceder a sua arena para a Conmebol durante a disputa da Copa América, mas confia que, até lá, conseguirá usar a sua casa nos jogos em que for mandante. A princípio, o período de utilização teria sua validade vencida após o confronto contra o Flamengo, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Com a melhora na condição do gramado, porém, há esperança de receber ali outros trêso jogos.

O Corinthians já tem jogos certos como mandante diante do São Paulo, no dia 25 deste mês, e do Goiás, no dia 1º de junho. Ainda haverá certamente o duelo de ida da Copa Sul-Americana, na próxima semana, com adversário a ser definido depois do sorteio de segunda-feira, na sede da Conmebol.
 
      
 
 
 
  “A gente está trabalhando para jogar todos aqui até a parada. O presidente (Andrés Sanchez) está cuidando pessoalmente disso e a tendência é que o Corinthians só pare de jogar aqui na última partida”, ressaltou o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves. A Copa América será disputada do dia 14 de junho ao 7 de julho, com três jogos marcados para o estádio corinthiano.

O primeiro embate será no dia 22 do mês que vem, entre Brasil e Peru, fechando a fase de grupos da competição. O local ainda vai reunir o duelo de quartas de final entre o primeiro colocado do Grupo B e o segundo do Grupo C, no dia 28 de junho. O último será a disputa pelo terceiro lugar, no dia 6 de julho.
 
 
 
 
  A animação com a possibilidade de estender a permanência na Arena, algo que estava descartado há algumas semanas, foi reforçada após o estado apresentado pelo gramado no empate sem gols contra o Grêmio, no último sábado. Com apenas uma pequena falha evidente no gol situado à frente do setor Norte, o campo avançou bastante em relação ao apresentado na temporada.

Fatores como o período com menos jogos e o clima mais frio que se estabeleceu recentemente na cidade de São Paulo são apontados como a causa da evolução. Ainda há espaço para melhora, na avaliação dos responsáveis, mas nada que necessite o fechamento provisório do local.