& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians já pagou 125 milhões do financiamento da Arena

 
       
 

conforme informações de Matias Romano Ávila, Diretor Financeiro do Corinthians, os pagamentos estão em dia

 
  Por:

Voz da Fiel

13/02/2019 13:07:50  
       
 
 
 
       
   Corinthians já pagou 125 milhões do financiamento da Arena   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Corinthians já pagou R$ 125 milhões do financiamento feito com a Caixa para pagamento de parte da dívida da Arena, segundo o diretor financeiro do clube, Matias Romano Ávila. Em participação no ESPN Bom Dia, na ESPN Brasil, o dirigente detalhou como o clube está tentando quitar o estádio.

Atualmente, o Corinthians paga, mensalmente, R$ 6 milhões no financiamento. A quantia é referente a oito meses do ano, enquanto nos outros quatro, com menos jogos, R$ 2,5 milhões.

A dívida total com a Caixa, que tem 12 anos para ser paga, é de R$ 425 milhões, segundo o diretor financeiro, considerando juros e correções. A outra parte do custo total do estádio, que superou R$ 1 bilhão, é referente à construção, a ser paga a Odebrecht, que o Corinthians pretende equacionar utilizando os CIDs (Certificados de Incentivo ao Desenvolvimento), emitidos pela Prefeitura de SP.

Em 2019, o Corinthians projeta arrecadar R$ 75 milhões em bilheteria na Arena, valor que é repassado diretamente para o fundo que administra a dívida do estádio e responsável pelo financiamento. Fora isso, o clube conta com R$ 25 milhões em “outros eventos” no local.
 
      
 

 
  Nessa segunda quantia, entram, por exemplo, o “Tour da Arena”, aluguéis de camarotes e espaços e também shows – que, segundo Matias Romano Ávila, serão 29 em 2019 no estádio.

Além dessas projeções, o Corinthians também reserva em seu orçamento um valor que sai dos cofres do clube para outras despesas do estádio, que não são cobertas com as receitas próprias.

Já em relação à dívida com a Odebrecht, há uma diferença entre os entendimentos do clube e da construtora. O Corinthians acredita que, por obras não realizadas, tem menos a pagar.

“Valor para a construtora não posso precisar. Porque tem a obra que foi feita, e uma parte que não foi executada. O Corinthians, através de auditoria, levantou, está negociando”, disse o diretor.

“Temos R$ 450 milhões em CIDs. A ideia é fazer negociação com os CIDs. Para que daqui um ano, dois, esteja renegociado. O clima é amistoso para que consigamos”, complementou.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: ESPN