Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Corinthians emite nova nota em resposta a Conmebol

 
       
  Segundo o Corinthians,

essa nova nota oficial como resposta a Conmebol é uma tentativa de abertura ao diálogo

 
  Por:

Voz da Fiel

15/01/2019 11:18:46  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O "embate" Corinthians e Conmebol tem um novo capítulo, no dia de hoje (15/01) o site oficial do clube emitiu uma nova nota oficial e volta a questionar as medidas adotadas pela entidade.

Veja abaixo na integra a nota oficial do Corinthians:

O Corinthians reconhece a consideração expressa pela Conmebol ao responder prontamente à nossa contestação e às exigências baixadas pela Confederação em ato recente. No sistema autoritário em que vivemos no Continente, toda abertura ao diálogo é sempre bem-vinda.

Em relação aos pontos levantados no pronunciamento da Conmebol, a posição do nosso Clube é a seguinte:

a)Melhorar as condições de segurança nos estádios é meta de todos os clubes do Continente e não seria o Corinthians que iria ser contrário. Mas, dada a diversidade na qualidade dos estádios, que vão desde arremedos de arenas centenárias e desconfortáveis até a nossa – a única que preenche os requisitos severos da FIFA para se qualificar como certificada para uma abertura de Copa Mundial – seria uma desconsideração injustificável das peculiaridades locais.
 
      
 
 
 
  b)Coincidimos com o apoio da Conmebol a não criar obstáculos às manifestações espontâneas de regozijo das torcidas. Entretanto, regulamentar minuciosamente as especificações Associar a presença deles nos estádios à tragédia de Oruro é correlação espúria. Ninguém, mais do que nós, pranteou a morte de um torcedor boliviano pelo disparo de um artefato proibido. Culpe-se os responsáveis pelo controle de acesso de tais instrumentos de violência e não a fortuita abertura de um “bandeirão” na hora do acidente. Haja vista que desde a inauguração da nossa Arena os “bandeirões” são uma presença constante sem que qualquer acidente similar tenha ocorrido. Que se louve o profissionalismo das nossas forças policiais, cuja metodologia deveria ser seguida em outras cidades.

c)Apoiamos a manifestação espontânea da torcida e procuramos, na medida do possível, atender aos seus anseios. Assim, mesmo com a venda identificada de cada ingresso, conseguimos limitar a capacidade setorial da Arena mesmo em áreas onde o espectador não encontra o empecilho de assentos porque exige assistir ao jogo em pé. Similarmente, a venda de ingressos pela internet é uma prática recorrente do Clube, que está avançando a cada ano e que em 2019 receberá um impulso, com a IBM assumindo o domínio tecnológico da nossa venda de ingressos. Quanto ao bloqueio de infratores, o Clube sempre atendeu às exigências das forças de segurança locais, sem ter a pretensão de substitui-los na concepção do melhor modelo a ser implantado. Somos também muito ativos no diálogo com o Ministério Público, sempre aberto a escutar pleitos emanados da nossa Fiel e flexibilizando normas sempre que lhe parece ser chegado o momento adequado.

d)Onde o Clube diverge radicalmente da Confederação é na proibição dos “bandeirões”, bem como sobre a entidade querer legislar sobre o padrão e tamanho dos adereços eleitos pelos torcedores nestas manifestações e tentar substituir com a vontade de burocratas isolados da realidade de cada arena o discernimento das forças de segurança especializadas que tratam deste assunto em cada cidade, ouvidas as emissoras envolvidas na transmissão, em perfeita harmonia.