& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians é multado em 56 mil por atraso no envio de lista

 
       
 

a CONMEBOL aceita inscrições com atraso e descarta aplicar penas esportivas em participantes de Libertadores e Sul-Americana

 
  Por:

Voz da Fiel

27/02/2019 08:05:31  
       
 
 
 
       
   Corinthians é multado em 56 mil por atraso no envio de lista   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Tribunal de Disciplina da Conmebol anunciou nesta terça-feira que multou em US$ 15 mil (R$ 56 mil) os oito clubes brasileiros que enviaram com atraso suas listas de inscritos na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana. São eles: São Paulo e Atlético-MG (Libertadores); Bahia, Fluminense, Chapecoense, Corinthians, Santos e Botafogo (Sul-Americana).

O atraso no envio das listas afetou 21 clubes da América do Sul e se deu por causa de uma falha de procedimento por parte das associações nacionais de futebol. A Conmebol aceitou as inscrições fora do prazo. Como previsto, nenhuma punição esportiva foi aplicada.

Para oficializar a inscrição jogadores que vão disputar as competições sul-americanas de clubes, é preciso cumprir três passos.
 
      
 

 
  1-Inserir as listas de jogadores e comissão técnica no "Comet", nome do sistema usado pela Conmebol;
2-As associações nacionais (como a CBF, a AFA etc) devem entrar nesse mesmo sistema e "validar" as listas informados pelos clubes;
3-As listas devem ser impressas, assinadas pelo presidente ou secretário-geral de cada associação, escaneada e enviada para a Conmebol por e-mail.

Tudo isso deve acontecer nos prazos previstos no regulamento específico de cada competição (72 horas antes do início do torneio, no caso da Sul-Americana; 72 horas antes do início de cada fase, no caso da Libertadores). O diagnóstico da Conmebol é que os passos 1 e 3 foram cumpridos. Mas houve um problema no passo 2.

Em nota publicada na semana passada, a CBF informou que "cumpriu os prazos" e que está "investigando as causas dessa possível situação e fornecendo os esclarecimentos necessários aos clubes envolvidos e à entidade sul-americana."
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte