& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians chega à Argentina para decisão contra o Racing

 
       
 

o volante prevê catimba de time argentino em mata-mata da Copa Sul-Americana

 
  Por:

Voz da Fiel

26/02/2019 08:49:07  
       
 
 
 
       
   Corinthians chega à Argentina para decisão contra o Racing   
  Foto: Globo Esporte  
       
  O Corinthians já está em solo argentino. A delegação alvinegra desembarcou na noite desta segunda-feira em Buenos Aires, onde na quarta-feira o Timão encara o Racing, no estádio El Cilindro, valendo vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana.

Na chegada ao hotel onde o Corinthians ficará hospedado, o volante Ralf atendeu a imprensa e colocou o Racing em vantagem para o duelo. Após empate em 1 a 1 em Itaquera, os argentinos jogam por um empate sem gols para conseguir a classificação.

– O favoritismo é todo deles, jogando diante da torcida. A gente vem para fazer um grande jogo e conseguir a vitória e classificação. O (Fábio) Carille sabe, já nos alertou que eles estão em final de competição, vêm num gás maior, vamos enfrentar dificuldades, mas estamos preparados para esse jogo – comentou o volante.
 
      
 

 
  O Timão viajou com 22 jogadores para Buenos Aires. A delegação não conta com Júnior Urso, volante que vinha sendo titular, mas não foi inscrito na Copa Sul-Americana.

– O Urso estava tendo uma sequência, agora não poderá nos ajudar. Onde estiver, ele estará torcendo por nós. Vamos tentar a classificação para ele ser inscrito e nos ajudar. Com o Ramiro, muda um pouco, ele fica mais ali atrás, ao meu lado, o Urso sai mais. Tenho a certeza que quem entrar vai dar conta do recado – analisou Ralf.

Nas últimas quatro eliminações em competições continentais o Corinthians teve jogadores expulsos. Por isso, Ralf faz um alerta antes do duelo desta quarta-feira:

– A gente sabe que todos esses jogos contra equipes sul-americanas são difíceis. Como foi lá em São Paulo, vai ter catimba, cera, a gente está vindo preparado para esse jogo. Sabemos que será uma batalha, mas temos de estar focados só em jogar bola e sair com a classificação.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)