& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Clayson chega a 100 jogos pelo Corinthians

 
       
 

o meia-atacante é uma das armas do Corinthians diante da Chape, nesta quarta-feira

 
  Por:

Voz da Fiel

24/04/2019 09:45:16  
       
 
 
 
       
   Clayson chega a 100 jogos pelo Corinthians   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  São quase dois anos de Corinthians, três títulos, nove gols marcados, 99 partidas disputadas... E algumas confusões.

Nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), diante da Chapecoense, pela Copa do Brasil, Clayson tem a chance de completar a marca de 100 jogos, algo que só outros seis atletas do elenco viveram – Cássio, Ralf, Fagner, Jadson, Romero e Gabriel.

– É gratificante chegar a 100 jogos pelo Corinthians, creio que não seja para qualquer um, é difícil jogar com essa camisa, é pesada. Mas venho conseguindo ter resultados, tendo bom futebol, a gente tem ganhado títulos. O sentimento é de gratidão. Espero que venham muito mais jogos.
 
      
 

 
  Campeão brasileiro em 2017 e bicampeão paulista em 2018 e 2019, Clayson foi um dos destaques do Timão na reta final do título deste ano, sendo eleito o "Craque do Jogo" em algumas ocasiões.

Após a conquista, o técnico Fábio Carille fez elogios a Clayson e brincou sobre a sua personalidade:

– Ainda bem que é pequeno. Se fosse grande, a gente estava ferrado, porque é briguento. Tem que ter personalidade de errar e tentar outra vez – disse o treinador.

Com 1,66m, Clayson sorri ao ouvir as palavras do técnico e concorda que, em alguns momentos, exagera no nervosismo.

– Ele costuma brincar, mas é meu jeito, não gosto de perder, costumo discutir, mas fica em campo. São coisas que acontecem para o bem do time, mas faz parte do futebol. Acaba ali e fica tudo bem.
 
 

 
  Jogo inesquecível

Com 99 jogos para escolher, Clayson aponta um recente como o mais especial. Foi contra o Santos, em Itaquera, no primeiro cruzamento da semifinal. Na ocasião, marcou o gol da vitória por 2 a 1, em resultado fundamental para levar a decisão para os pênaltis no segundo jogo.

– Esse primeiro jogo contra o Santos teve um sabor especial – afirmou.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)