& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

CLASSIFICADO: nos pênaltis o Corinthians vai a final do Paulistão 2019

 
       
 

O Corinthians se classificou à final do Campeonato Paulista depois de sofrer (muito!) no tempo normal, perder por 1 a 0 para o Santos

 
  Por:

Voz da Fiel

08/04/2019 22:43:36  
       
 
 
 
       
   CLASSIFICADO: nos pênaltis o Corinthians vai a final do Paulistão 2019   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O Corinthians garantiu na noite dessa segunda-feira a vaga na final do Campeonato Paulista pelo terceiro ano seguido. Diante de um Pacaembu lotado de santistas, o Timão não se furtou a apostar na sua força defensiva para fazer valer a vantagem conquista em Itaquera, mas a estratégia deu certo só até os 41 minutos do segundo tempo, quando Gustavo Henrique ganhou bola alta, garantiu o triunfo do Peixe por 1 a 0 e levou tudo para os pênaltis.

Diante da marca da cal foram necessários 16 chutes. Boselli foi o único a parar em Vanderlei. Cássio dessa vez não foi herói, mas o Timão comemorou por causa das batidas na trave de Kaio Jorge e Victor Ferraz. Aliás, foi a terceira vitória corinthiana nos pênaltis em 2019, dessa vez pelo placar de 7 a 6.

O Corinthians conseguiu segurar o ímpeto inicial dos mandantes com uma marcação alta que incomodou a saída de bola de Vanderlei. Aos poucos, porém, o time de Fábio Carille foi se restringindo a viver de bicões que procuravam por Gustagol.

A ideia de começar com Pedrinho não surtiu efeito no ataque. Sornoza foi quem mais comprometeu a marcação. Mesmo assim, a ausência de um centroavante foi sentida pelo Peixe, que erros passes em demasia na busca por um espaço.
 
      
 

 
  Como era de se imaginar, a vantagem do Corinthians por ter vencido na Arena por 2 a 1 passou a ser respeitada mais do que nunca. Definitivamente as propostas ficaram escancaradas. O Santos se lançou e o Timão se encolheu, a espera de um contra-ataque mortal.

Com Ramiro no lugar de Clayson, esse cenário apenas se consolidou. O Corinthians errava todas as suas saídas de bola e indignava Fábio Carille na beira do campo. E nesse momento de dificuldade mais uma vez apareceu a figura de Cássio.

Famoso por seus atos em jogos decisivos, o camisa 12 corinthiano voltou a ser crucial, principalmente em um chute forte, de dentro da área, de Rodrygo.

Cássio só não teve o que fazer aos 41 minutos, quando Victor Ferraz acertou um cruzamento na medida para Gustavo Henrique. Sem marcação, o zagueiro testou a bola para o chão e levou a torcida à loucura.

Antes do apito final só deu tempo para Boselli entrar na vaga de Gustagol, aparentemente com câimbras. Com o estádio todo de pé, veio o apito final e a aflição pela certeza que o finalista sairia apenas após a disputa de pênaltis.
 
 

 
  Diante da marca da cal, de cara, Boselli parou em Vanderlei. Na sequência, Cássio tocou, mas não evitou o gol de Rodrygo. Vagner Love fez, mas Kaio Jorge mandou no travessão.

Ramiro e Soteldo não desperdiçaram. Júnior Urso cobrou com categoria, assim como Sánchez. Os últimos da primeira sequência foram Fagner e Derlis. Ambos garantiram os seus gols e levaram. Sornoza, então, mandou no ângulo. Pituca também acertou.

Avelar e Alison também. Henrique converteu e coube a Victor Ferraz ser o vilão na 16ª cobrança. O lateral acertou o pé da trave e acabou com as chances do Santos de chegar à final.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel