& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Cássio será o capitão do Corinthians em mais uma final

 
       
 

o goleiro foi capitão do Corinthians nas últimas decisões de título e ergueu três taças

 
  Por:

Voz da Fiel

19/04/2019 09:45:34  
       
 
 
 
       
   Cássio será o capitão do Corinthians em mais uma final   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  Caso o Corinthians vença o São Paulo no domingo e se consagre tricampeão paulista, Cássio será o responsável pela quarta vez por subir ao pódio e erguer uma taça pelo clube. O Timão entra em campo às 16h (de Brasília), na Arena Corinthians.

Cássio foi o capitão nos títulos estaduais dos dois últimos anos e no Brasileirão de 2017. No ano passado, com Jair Ventura, foi ainda no jogo do vice-campeonato da Copa do Brasil.

A braçadeira corinthiana troca de dono a cada jogo e já teve outros cinco responsáveis nesta temporada: Fagner, Ralf, Vagner Love, Jadson e Henrique.
 
      
 

Cássio será o capitão do Corinthians em mais uma final

 
  Mas, apesar do rodízio, Cássio é reconhecido por todos como o principal líder do elenco, por sua postura dentro e fora de campo.

Não que Fagner não seja importante para motivar e orientar o elenco antes dos jogos ou que Ralf não ajude a transmitir a filosofia corinthiana aos atletas que chegam ao clube. Mas Cássio, em sua oitava temporada no Timão, foi assumindo com o tempo o papel de capitão alvinegro, independentemente de estar com a braçadeira ou não.

É o camisa 12 quem costuma puxar a última conversa no vestiário antes das partidas, quem mais fala em campo e também quem assume o papel de discutir assuntos de interesse do grupo com a diretoria, como o valor de premiações por vitórias e títulos.
 
 

 
  Entre os atletas corinthianos, todos têm liberdade para se expressar e até os que têm menos tempo de casa, como Ramiro e Júnior Urso, passam orientações e palavras motivacionais. Porém, a braçadeira corinthiana acaba sendo determinante para um fator: o diálogo com o árbitro durante o jogo. O escolhido por Fábio Carille para ser o capitão da equipe fica encarregado de conversar com o homem do apito durante as partidas.

No último domingo, Cássio foi questionado se seria o detentor da tarja no jogo final, mas disse que Fábio Carille ainda não havia anunciado essa decisão.

– Essa resposta é o Fábio quem vai dar. Não sei, se eu for ou não o capitão, que a gente possa fazer um grande jogo para conseguir o título dentro da nossa casa – disse o goleiro.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)