Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
 

Carille vai retomar rodízio de capitães, encerrado após sua saída

 
       
  Segundo Mauricio Oliveira (Globo Esporte),

o técnico Fábio Carille decide que o goleiro Cássio não será o único a usar a braçadeira nesta temporada

 
  Por:

Voz da Fiel

12/01/2019 09:14:59  
       
 
 
 
       
     
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O goleiro Cássio deixará de ser o único capitão do Corinthians. De volta ao Timão após seis meses no Al-Wehda, da Arábia Saudita, o técnico Fábio Carille decidiu retomar o rodízio da braçadeira, extinto em 2018 por Jair Ventura.

O revezamento ocorria no Corinthians desde 2015, quando Tite retornou ao clube. Depois que o treinador foi para a Seleção, a prática foi mantida por seus sucessores: Cristóvão Borges, Oswaldo de Oliveira, Fábio Carille e Osmar Loss.

Porém, no segundo semestre do ano passado, Jair Ventura decidiu fixar Cássio como o capitão.
 
      
 
 
 
  Agora, com o retorno de Carille, a cada jogo o Corinthians terá um novo dono para a braçadeira:

– Foi uma das primeiras conversas que eu tive com alguns jogadores, o primeiro foi o Cássio, e o Cássio na hora entendeu. E eu tinha certeza que ia ter essa resposta dele porque foi algo que funcionou muito bem dentro do Corinthians, foi algo que o Tite implantou. Com isso, você desenvolve lideranças dentro do grupo, então vai voltar (o rodízio), sim – afirmou o treinador, que seguiu explicando:

– Já tem alguns jogadores que vão começar a ter a faixa, a trocar, e é claro que depois, no decorrer do ano, outros jogadores com esse pefil assumem. Porque muitas vezes você não dá a faixa de capitão porque o cara fala demais, mas porque ele é exemplo dentro do grupo e ele reconhece. O Ralf é um cara quieto, mas sua liderança é de participação, de ser efetivo, de lutar o tempo todo – completou Carille.