& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Carille se surpreende com o número de reforços do Corinthians

 
       
 

o Corinthians já contratou dez reforços e ainda negocia com Guilherme Arana e Bruno Méndez

 
  Por:

Voz da Fiel

06/02/2019 14:34:39  
       
 
 
 
       
   Carille se surpreende com o número de reforços do Corinthians   
  Foto: Bruno Cassucci/Globo Esporte  
       
  A chegada de Júnior Urso ao elenco do Corinthians elevou para dez o número de reforços.

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira, o técnico Fábio Carille fez questão de agradecer aos dirigentes do Timão pelo trabalho e admitiu que não esperava tantas mudanças no elenco.

– Está muito acima do que imaginei, estou muito feliz mesmo, está ficando uma equipe equilibrada, que vai elevar o nível dos treinamentos e do time, assim todo mundo compete com lealdade. A única necessidade agora é tempo para treinar, treinar, deixar todos com entendimento de jogo.
 
      
 

 
  Ainda em negociações para repatriar o lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Sevilla, e com negociações avançadas com o zagueiro uruguaio Bruno Méndez, do Montevideo Wanderers, a tendência é que essa conta fique ainda maior.

– Quero agradecer, porque foi acima do esperado. E com possibilidade de mais chegadas, estamos trabalhando para mais chegadas – destacou.

Nesta janela, o Corinthians contratou Mauro Boselli, Vagner Love, Gustavo Silva, André Luis, Richard, Ramiro, Sornoza, Michel Macedo, Manoel e Júnior Urso.

Uruguaio mais perto

Presidente do Montevideo Wanderers, Gabriel Blanco indicou em entrevista a uma rádio uruguaia que o acerto deve acontecer em breve. O Corinthians está disposto a pagar, de forma parcelada, cerca de R$ 11 milhões.

– Vai bastante bem o negócio de Bruno Méndez com o Corinthians. As negociações estão avançadas. Estimo que nas próximas 24 ou 48 horas haverá novidades – disse o dirigente, na manhã desta quarta-feira.

O Montevideo Wanderers deseja seguir com pelo menos 10% dos direitos econômicos do atleta, de olho em uma futura venda. Além disso, gostaria de liberar o defensor apenas depois do Torneio Apertura, que acaba em maio. As duas situações ainda são discutidas nas negociações.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)