& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Boselli repete Tevez e vai levar filhas a jogo do Corinthians

 
       
 

o argentino planeja entrar com as três filhas no gramado antes do jogo contra o Oeste

 
  Por:

Voz da Fiel

17/03/2019 10:43:33  
       
 
 
 
       
   Boselli repete Tevez e vai levar filhas a jogo do Corinthians   
  Foto: Renato Pizzutto/Globo Esporte  
       
  A cena fará o torcedor do Corinthians lembrar de Carlitos Tevez. Anos depois de o argentino entrar em campo no Pacaembu acompanhado de sua filha Florencia, que em 2005 tinha apenas quatro meses, desta vez é Mauro Boselli quem pretende apresentar a Arena Corinthians e a Fiel às suas herdeiras, diante do Oeste, pela 11ª rodada do Paulistão.

Neste domingo, às 16h (de Brasília), ele deve ser titular mais uma vez e planeja entrar em campo acompanhado das três filhas: Ginna e Sofía, as gêmeas de cerca de três anos, e Emma, a mais velha, de seis.

O jogo entre Corinthians e Oeste terá transmissão ao vivo na TV Globo para SP (com Milton Leite e Casagrande) e no Premiere para todo o Brasil (com Odinei Ribeiro e Mauricio Noriega).
 
      
 

 
  Será a primeira vez que as filhas do jogador entrarão num campo de jogo. Atacante do León por cinco temporadas, Boselli nunca pôde fazer isso, já que o regulamento das competições mexicanas não libera a entrada. Com a permissão no Brasil, ele fará a estreia das novas corinthianas nesta tarde.

Será o quarto jogo seguido de Boselli como titular do Corinthians

Escalado por Fábio Carille entre os 11 diante do São Bento, o argentino se manteve na equipe contra Santos e Ceará pelos problemas de Gustagol, que levou entrada dura no joelho esquerdo no fim do jogo em Sorocaba e perdeu os últimos dois jogos. Neste domingo, seguirá fora de combate.

Apesar de boas atuações, como no Ceará, quando deu assistência para o gol de Júnior Urso na vitória por 3 a 1 pela Copa do Brasil, Boselli não conseguiu marcar gols. Seu único gol pelo Corinthians segue sendo o do dia 24 de fevereiro, na vitória por 1 a 0 contra o Botafogo-SP.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)