& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Boselli e Volpi se reencontram em busca de afirmação

 
       
 

Tiago Volpi e Mauro Boselli duelaram sete vezes no México

 
  Por:

Voz da Fiel

17/02/2019 12:35:05  
       
 
 
 
       
   Boselli e Volpi se reencontram em busca de afirmação   
  Foto: Voz da Fiel  
       
  Mauro Boselli e Tiago Volpi poderão travar um duelo à parte no Majestoso deste domingo, em Itaquera, pelo Campeonato Paulista. Mas não seria um embate inédito. É que o atacante do Corinthians e o goleiro do São Paulo carregam uma rivalidade desde 2015, quando ambos atuavam no futebol mexicano.

O argentino defendeu o Léon de 2013 a 2018, enquanto o brasileiro foi jogador do Querétaro nos últimos quatro anos. Neste período, eles se tornaram ídolos da torcida de ambos os clubes e se enfrentaram em sete ocasiões, quase todas pelo Campeonato Mexicano.

No retrospecto geral, o centroavante levou vantagem sobre o arqueiro, com três vitórias, dois empates e duas derrotas. Ele ainda marcou quatro gols sobre Volpi, distribuídos em três partidas.

Os dois primeiros foram anotados no triunfo do León por 2 a 1, em duelo válido pelo Apertura de 2016. No torneio da temporada seguinte, o argentino de 33 anos balançou as redes mais uma vez em vitória pelo mesmo placar.
 
      
 

 
  Ele também deixou sua marca no empate por 1 a 1 pelo Apertura da Copa do México de 2017. O resultado, porém, acarretou na eliminação do León, que perdeu na disputa por pênaltis – Boselli não bateu nenhum, e Volpi converteu a cobrança que selou a classificação do Querétaro.

No Brasil, porém, a dupla ainda não conseguiu ser protagonista como era no México. Boselli nem sequer figura no time titular, sendo ofuscado por Gustagol neste início de temporada. Volpi, por sua vez, tem sido prejudicado pelo mau momento do Tricolor, chegando a ter o desempenho questionado pela torcida em lances que geraram gols.

Só que o Majestoso surge como boa oportunidade para ambos reagirem em busca de afirmação no Brasil. Boselli deve começar no banco, mas é boa opção de Fábio Carille para entrar no segundo tempo.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Esportiva