& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Boselli e Richard se estranham em treino do Corinthians

 
       
 

o atacante argentino não gostou de entrada do volante, e auxiliar Fabinho acalmou os ânimos

 
  Por:

Voz da Fiel

19/02/2019 06:41:03  
       
 
 
 
       
   Boselli e Richard se estranham em treino do Corinthians   
  Foto: Marcelo Braga/Globo Esporte  
       
  O treino do Corinthians nesta segunda-feira teve um momento de faísca entre o atacante Mauro Boselli e o volante Richard, no coletivo de campo reduzido que contou apenas com jogadores que não foram titulares na vitória por 2 a 1 contra o São Paulo, domingo, em Itaquera.

Sem Fábio Carille, que se ausentou das atividades do dia para dar uma aula sobre "treinamento de campo" no curso da CBF, no Rio de Janeiro, os auxiliares promoveram um coletivo de 10 contra 10, que terminou com o placar de 3 a 1 para o time de colete.

Aniversariante do dia, já que completa 25 anos nesta segunda, Richard se enroscou com Boselli numa bola dividida. O argentino ficou reclamando de um braço que teria acertado em seu rosto. Fabinho Félix, um dos auxiliares de Carille, foi quem se aproximou para terminar a discussão.
 
      
 

 
  As imagens são do repórter cinematográfico Fernando Soncini, do Grupo Globo.

Os times foram divididos assim:

- Time de colete: Walter/Filipe, Michel Macedo, Pedro Henrique, Léo Santos, Richard, Araos, Oya, Romero, André Luis e Love;
- Time sem colete: Caíque França/Cássio, João, Marllon, Carlos, Thiaguinho, Ramiro, Vital, Diaz, Gustavo Silva e Boselli;
- A atividade teve ainda o meia Marquinhos como curinga.

Romero, ainda sem acordo de renovação, fez dois gols. André Luis, hoje sem espaço com Carille, mostrou muita disposição e também fez um gol. Quem diminuiu o placar foi Marquinhos.

Na tarde desta terça-feira, o Corinthians faz o seu último treino antes de enfrentar o Avenida-RS, pela segunda fase da Copa do Brasil. A partida será quarta, em Itaquera, às 21h30 (de Brasília).
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)