& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Araos segue nos planos do Corinthians, mesmo fora há 5 jogos

 
       
 

o meia chileno Araos não teve o começo de ano esperado no Corinthians

 
  Por:

Voz da Fiel

04/03/2019 09:01:47  
       
 
 
 
       
   Araos segue nos planos do Corinthians, mesmo fora há 5 jogos   
  Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press  
       
  O chileno Ángelo Araos não se concentra junto aos seus companheiros desde que o Corinthians empatou por 1 a 1 com o Racing, ainda no jogo de ida da primeira fase, no dia 14 de fevereiro. Mesmo fora da lista de relacionados por todo este período, com cinco partidas disputadas pela equipe, o meio-campista ainda segue nos planos da comissão técnica para a temporada.

Todas as pessoas consultadas pela reportagem da Gazeta Esportiva após a confirmação de que Araos nem ficaria como opção para o embate em Sorocaba asseguraram que o jovem de 22 anos deve receber chances em breve. Foram citados fatores como o bom momento de Sornoza, a possibilidade de utilizar Richard mais avançado e a presença de Mateus Vital como concorrente para justificar as ausências.

Araos é visto como um atleta ainda sem posição definida, o que também dificulta sua utilização. Soma-se a isso fato de a equipe encarar uma série de jogos decisivos recentemente, seja pela Copa do Brasil ou pela Sul-Americana, além da necessidade de melhorar a campanha no Campeonato Paulista. Passada essa sequência, as chances de utilização aumentam, na visão das pessoas ouvidas.
 
      
 

 
  Um exemplo dado é o de Gustavo Silva, que não tinha minutos em campo há um mês, desde que entrou no Derby, contra o Palmeiras. Mesmo quase esquecido, porém, Mosquito foi acionado no sábado na tentativa de melhorar a produção ofensiva da equipe.

Apesar do otimismo na utilização de Araos, é consenso no clube que o chileno ainda não conseguiu se adaptar totalmente ao Brasil. Com dificuldades para melhorar o seu português, ele passa a maior parte do tempo com os paraguaios Díaz e Romero, dupla que também pouco foi aproveitada recentemente. “Precisa melhorar muito essa parte”, disse um dirigente à reportagem.

O potencial do atleta, no entanto, segue motivo de expectativa para os corintianos, que se comprometeram a investir 4,5 milhões de euros (R$ 17 milhões) na sua contratação quando ele ainda estava na Universidad de Chile, em julho do ano passado. O negócio previu um empréstimo até o meio do ano com aquisição dos direitos econômicos ao final deste período.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Tomás Rosolino (Gazeta Esportiva)