& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Andrés evita falar em favoritismo e ressalta importância do Paulista

 
       
 

o presidente do TImão acredita que os dois times estão no mesmo nível

 
  Por:

Voz da Fiel

10/04/2019 14:02:37  
       
 
 
 
       
   Andrés evita falar em favoritismo e ressalta importância do Paulista   
  Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press  
       
  Após se classificar sobre o Santos de forma dramática, o Corinthians agora terá a chance de conquistar o seu terceiro Campeonato Paulista de forma consecutiva. O adversário da final é o rival São Paulo, e pelo menos para Andrés Sanchez, não há favorito para o duelo.

Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol, o presidente do clube alvinegro pediu apenas um bom jogo, e disse que as duas equipes estão em pé de igualdade.

“Corinthians e São Paulo hoje estão muito nivelados, e tanto no Morumbi quanto na Arena qualquer um pode ganhar. Espero que seja um jogo bom, sem violência, e que ganhe aquele que estiver em um dia melhor”, disse.
 
      
 

 
  No entanto, Andrés Sanchez, que já havia criticado a atuação do Corinthians no jogo contra o Santos, relembrou que o Timão terá de melhorar seu desempenho para enfrentar o Tricolor.

“Se meu time jogar como jogou contra o Santos, o São Paulo é campeão. Então a comissão técnica e os jogadores já sabem que o time vai ter que melhorar”, afirmou.

Por fim, o presidente ainda ressaltou a importância do título paulista, garantindo que o Corinthians vai entrar com força máxima para vencer.
 
 

 
  “Qualquer campeonato é importante. Se o São Paulo perder vai ter crise, se o Corinthians perder vai ter crise. Vocês (imprensa) são os primeiros a colocar crise no time quando perde. E também quando passa dois jogos de Copa do Brasil já se esquece que foi campeão. Então é ganhar ou ganhar”, completou.

São Paulo e Corinthians realizam a primeira partida da final do Campeonato Paulista neste domingo, 14/04, às 16h (de Brasília), no Estádio do Morumbi. A volta acontece no dia 21/04, também às 16h, na Arena de Itaquera.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Guilherme Serrano (Gazeta Esportiva)