& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Andrés diz que vai comprar Avelar: mesmo tentando o Arana, vamos fazer

 
       
 

o Timão tem que pagar 1,5 milhão de euros ao Torino, da Itália, para ficar com o lateral-esquerdo

 
  Por:

Voz da Fiel

21/03/2019 14:17:15  
       
 
 
 
       
   Andrés diz que vai comprar Avelar: mesmo tentando o Arana, vamos fazer   
  Foto: Globo Esporte  
       
  Atendendo a pedido do técnico Fábio Carille, o Corinthians comprará o lateral-esquerdo Danilo Avelar. Quem afirma é Andrés Sanchez, presidente do Timão, que concedeu entrevista coletiva na sede da Federação Paulista de Futebol, nesta quinta-feira, após conselho técnico.

Danilo Avelar está emprestado ao Corinthians pelo Torino, da Itália, e tem contrato com o Timão até julho. Para comprá-lo, o clube precisa pagar 1,5 milhão de euros, cerca de R$ 6,5 milhões na cotação atual.

Andrés Sanchez, porém, destacou que o Corinthians ainda não desistiu de ter Guilherme Arana, que está no Sevilla, da Espanha.
 
      
 

 
  – Se fosse pela imprensa, não (compraria o Avelar). Nos últimos seis meses quase massacraram o garoto. Mas é um jogador que interessa. Teve sempre a confiança dos treinadores e da diretoria. Mesmo com (Osmar) Loss e Jair (Ventura), era titular. Agora, com o Carille, também é titular. Interessa. Mesmo tentando o Arana ainda, nós vamos fazer com o Avelar – declarou.

Danilo Avelar cresceu de produção nesta temporada e já marcou quatro gols, dois deles nas últimas partidas, contra Oeste, no último domingo, e Ituano, na quarta-feira.

A presença na FPF foi a primeira aparição pública de Andrés Sanchez desde que ele recebeu alta hospitalar, na última sexta-feira. O presidente corinthiano confirmou que parou de fumar e disse ainda estar um pouco debilitado por conta da quantidade de medicamentos ingeridos.
 
 

 
  Andrés evitou falar sobre a ausência de representantes do Palmeiras na reunião na Federação e se limitou a dizer que Paulo Guedes, ministro da Economia, "foi infeliz" ao falar sobre a Arena Corinthians.

O mandatário corinthiano ainda apontou o RB Brasil como favorito ao título paulista e falou sobre a experiência de ter testado o VAR (árbitro-assistente de vídeo), que será utilizado na fase final do campeonato.

– É uma coisa irreversível. Eu e o Lugano (dirigente do São Paulo) participamos de um lance no qual demoramos 2 minutos e 30 segundos para rever. É complicado. Dirigente, jogadores, torcida têm de ter um pouco de paciência. Só com o tempo vai melhorar. Não é simples. Imagine, saiu o gol e foi falta no começo. Eu tenho uma interpretação e você tem outra. É difícil. Vai dar alguns problemas, mas é algo irreversível. Temos que ter paciência, estudar bastante e se preparar cada vez melhor – opinou.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)