& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Abre o olho Corinthians: Raphael Claus tem um vasto histórico de polêmicas

 
       
 

o ábitro escalado para a segunda partida da final do Paulistão tem um vasto repertório de polêmicas contra o Timão

 
  Por:

Voz da Fiel

10/04/2019 18:56:21  
       
 
 
 
       
   Abre o olho Corinthians: Raphael Claus tem um vasto histórico de polêmicas   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  O jogo final que decide o Paulistão 2019 será na Arena Corinthians, onde o rival São Paulo nunca conseguiu uma vitória, ou até mesmo uma classificação, como foi o caso do ano de 2018. O Timão fez um gol no final do jogo e se classificou nos pênaltis eliminando o São Paulo.

Muita expectativa cerca essa final do Paulistão e o que deveria ser apenas o foco, as duas partidas das finais, não será bem assim e o motivo para isso são dois:

Primeiro motivo

Clayson, supostamente, fez um desabafo já dentro dos vestiários contra o árbitro que também apitou essa semifinal e pelo fato do vídeo ter sido "vazado" o TJD tomou conhecimento e irá julgar o atleta no próximo dia 15. Se for suspenso ficará de fora do segundo jogo da final.

Segundo motivo

Quem apita o jogo na Arena Corinthians é o árbitro Raphael Claus, que coleciona um histórico de polêmicas justamente contra o Corinthians.
 
      
 

 
  Confira outras polêmicas do árbitro escalado para o jogo que decide o Paulistão 2019:

Lance com Petros: Após choque envolvendo o ex-meia da equipe e o polêmico árbitro, acontecida no dia 10 de agosto do 2014, Petros, que não foi advertido durante o jogo, foi punido no STJD e pegou uma pena de 180 dias afastado dos gramados.

Expulsão de Cássio: Em um clássico contra o Palmeiras, o goleiro titular da equipe recebeu dois cartões amarelos na sequência, por estar retardando a partida, de acordo com Claus.

Falta não marcada em cima de Vágner Love: no empate em 3 x 3 contra a equipe palmeirense em 2015, o árbitro não marcou uma falta em Love, dentro da área do Corinthians. Na sequência, Dudu marcou um dos gols do jogo.

Gol anulado: no dia 12 de junho de 2016, o árbitro sinalizou uma falta de Felipe e anulou o gol do ex-zagueiro do Timão, quando o jogo já estava nos acréscimos. A reclamação corinthiana é que quem se chocou com Fernando Prass no lance, foi o próprio zagueiro palmeirense. No final, a partida terminou 1 x 0 para o Verdão. Essa foi a última partida de Tite no comando do Corinthians, o treinador reclamou muito de anulação do gol.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel