Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

A prioridade para Tiago Nunes é arrumar o setor defensivo do Corinthians

 
       
 

Pedro Henrique e Gil são os titulares absolutos do técnico Tiago Nunes na zaga do Corinthians

 
  Por:

Voz da Fiel

28/02/2020 05:40:28  
       
 
 
 
       
   A prioridade para Tiago Nunes é arrumar o setor defensivo do Corinthians   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
 

O técnico Tiago Nunes prioriza testes na defesa no período de treinamentos que o Corinthians tem pela frente até voltar a jogar na temporada - diante do Novorizontino, fora de casa, no dia 7 de março, pela nona rodada do Campeonato Paulista 2020.

Além de ajeitar posicionamentos e situações de jogo, Tiago Nunes não descarta mudanças em relação à dupla de zaga. Os ex-laterais esquerdos Danilo Avelar e Carlos Augusto fazem parte dos planos do treinador para o "novo momento" do setor.

Diferente de Avelar, o jovem Carlos não é considerado um ex-lateral oficialmente, mas, segundo apuração, o jovem treina 90% das atividades na zaga — ao lado de Gil e até Pedro Henrique.

 
      
 

 
 

A boa saída de bola e a velocidade de Carlos Augusto, além dele ser um lateral com mais virtudes defensivas do que ofensivas, pesaram para que Tiago Nunes começasse a testar o jovem, que seria emprestado no início da temporada, na dupla de zaga.

No caso de Avelar, o comandante corinthiano aguarda o ex-lateral estar 100% recuperado para testá-lo na defesa. Tiago Nunes não esconde que sente falta de um zagueiro canhoto no time. E, por isso, Avelar aparece como boa opção para resolver o problema da zaga.

Avelar iniciou a transição após lesão no púbis e já treina no campo com os demais jogadores, mas a previsão é que ele só esteja disponível para o duelo contra o Ituano, no dia 15 de março, na Arena Corinthians.

 
 

 
 

Além deles, o treinador gosta bastante da qualidade técnica de Léo Santos, uma espécie de "eterna promessa" no Corinthians. O defensor deve ser testado quando se recuperar totalmente de cirurgia joelho direito em setembro do ano passado.

O Corinthians sofreu dez gols em dez jogos nesta temporada, ou seja, média de um gol por partida. Foram dois gols pela Copa Libertadores da América (eliminado pelo Guaraní) e oito gols pelo Campeonato Paulista.

Tiago Nunes disse que busca um "padrão" dos gols sofridos, mas ainda não encontrou. Em levantamento feito, o Corinthians sofreu oito gols com os pés, um deles de falta, de Fernández, do Guaraní, gol responsável pela eliminação do Timão na Libertadores, além de gols de cabeça — contra Santo André e Mirassol.

 
 

 
 

Veja lista de gols sofridos do Corinthians

Botafogo-SP: Ronald, com os pés
Mirassol: Camilo, de cabeça
Ponte Preta: Bruno Reis e Roger, com os pés
Guaraní: Morel, com os pés
Inter de Limeira: Tcharlles, com os pés
Guaraní: Fernandez, com os pés em cobrança de falta
Água Santa: Luan Dias e Robinho, com os pés
Santo André: Ronaldo, de cabeça.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL