x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Vital relembra título no Allianz e destaca confiança do Corinthians para enfrentar o Palmeiras

 
       
 

O meio-campista reforçou que o elenco está pronto para conter a empolgação do momento

 
  Por:

Voz da Fiel

16/01/2021 08:20:25  
       
 
 
 
       
   Vital relembra título no Allianz e destaca confiança do Corinthians para enfrentar o Palmeiras   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

Próximo do clássico entre Palmeiras e Corinthians, na segunda-feira, o meio-campista Mateus Vital relembrou momentos marcantes no Allianz Parque e falou sobre suas expectativas para o jogo.

Vital foi o responsável por dar a assistência para o gol de Rodriguinho na final do Campeonato Paulista de 2018, quando o Alvinegro ficou com o título na casa dos rivais.

"Difícil esquecer. Isso vai ficar marcado para sempre na minha história e na do clube também. Foi um título muito importante na casa de um dos maiores rivais, que é o Palmeiras. Toda vez que tem esse jogo vem na memória essa grande jogada que eu fiz. Era meu começo no Corinthians, fui muito feliz naquele lance e pude ajudar a equipe a sair com o título", relembrou.

 
      
 

 
 

Agora, as equipes chegam para o Derby em situações distintas. O Palmeiras está embalado após garantir vaga nas finais da Copa do Brasil e Libertadores. No entanto, Mateus Vital vê o Timão confiante para o jogo.

"Todos têm notado nossa grande evolução nos jogos, é nítido. Evoluímos em todos os aspectos, tático, físico, tudo. A gente sabe que o Palmeiras vive um grande momento, mas a gente chega muito confiante também. Pelo o que a gente tem feito a gente chega confiante. Sabemos que clássico é um jogo à parte, mas que vale os mesmos três pontos. A gente tem que ter isso na nossa cabeça. Sabemos jogar esse tipo de jogo", explicou.

 
 

 
 

Por fim, o meio-campista reforçou que o elenco está pronto para conter a empolgação do momento, ou a frustração em caso de derrota.

"Nosso grupo é bastante maduro. O que a gente já tomou de porrada no ano passado e não ficamos para baixo. Nos últimos jogos a gente também não se empolgou. Temos muitos jogadores experientes que podem nos dar esse respaldo, para que a gente não se abaixe, mas também não se empolgue. A gente sabe que é um jogo muito importante, mas valem os mesmos três pontos. Temos que ter isso na nossa cabeça", concluiu.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Press