x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Há cinco anos, Balbuena marcava primeiro gol com a camisa alvinegra

 
       
 

Zagueiro paraguaio atuou no Timão por duas temporadas e meia e conquistou três títulos

 
  Por:

Voz da Fiel

19/03/2021 10:25:13  
       
 
 
 
       
   Há cinco anos, Balbuena marcava primeiro gol com a camisa alvinegra   
  Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians  
       
 

Um dos principais atletas corinthianos dos últimos anos marcava o seu primeiro gol com a camisa alvinegra há exatos cinco anos. O zagueiro Balbuena, que dava seus primeiros chutes como atleta do clube, contribuiu para o triunfo conquistado sobre o Linense por 4 a 0 pelo Campeonato Paulista.

Nascido em 23 de agosto de 1991 em Ciudad del Este, no Paraguai, Fabián Cornelio Balbuena Gonzalez chegou ao Timão no início da temporada 2016, então com 24 anos, para substituir o ídolo Gil, que havia sido vendido para o futebol chinês. No seu quinto jogo com a camisa alvinegra, ele entrou em campo na Neo Química Arena.

 
      
 

 
 

Escalado como titular pelo técnico Tite, ele entrou no gramado com o onze inicial que tinha: Cássio; Edílson, Balbuena, Vílson e Guilherme Arana; Willians, Romero, Rodriguinho, Alan Mineiro e Danilo; André. Também entraram no segundo tempo os volantes Cristian e Maycon e o atacante Claudinho.

Atuando na Casa do Povo, o Timão começou o jogo atacando bastante e abriu o placar logo aos oito minutos com Romero. E seis minutos depois, o compatriota Balbuena faria o segundo tento corinthiano, de cabeça. No segundo tempo, Edílson e novamente Romero dariam números finais ao confronto.

 
 

 
 

Este foi o primeiro dos 11 gols que o zagueiro marcou com a camisa do Coringão. Ele, que curiosamente não é o primeiro “Balbuena” da história alvinegra, teve mais brilho que o anterior, lateral e zagueiro e também nascido no Paraguai, que realizou 16 partidas entre 2009 e 2010.

Fabián Balbuena, por sua vez, entrou em campo 136 vezes e conquistou três títulos, os do Paulistão de 2017 e 2018 e o Brasileirão de 2017.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Corinthians