x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Ausência de Cazares preocupa demais o Corinthians

 
       
 

Meia Cazares é o líder em assistências do Corinthians no Campeonato Brasileiro

 
  Por:

Voz da Fiel

31/01/2021 07:04:17  
       
 
 
 
       
   Ausência de Cazares preocupa demais o Corinthians   
  Foto: Bruno Ulivieri/AGIF  
       
 

A ausência do meia Cazares preocupa o Corinthians. O equatoriano, que sofreu estiramento no músculo posterior da coxa direita, é a "cara" da recuperação do Alvinegro na temporada. A criação do time pensando por Vagner Mancini sempre passava pelo camisa 10, que decidiu jogos com assistências e até gols.

Segundo o Sofascore, site especializado em estatísticas, Cazares é o líder do Corinthians em assistências. São cinco passes que terminaram em gols — dois a mais que Cantillo e Lucas Piton, responsáveis por três assistências cada. A criação de Cazares é "recheada" com dribles. São 16 no total no Brasileiro.

 
      
 

 
 

Cazares também é eficiente nos passes. O camisa 10 tem 81,3% de acerto. Recentemente, o equatoriano começou a arriscar mais finalizações. Aliás, o meia marcou gols importantes nos últimos jogos: nas vitórias contra Botafogo e Sport. São 19 finalizações, sete delas no gol, 36,8% de aproveitamento.

Soluções

Vagner Mancini conta com o meia Luan como primeira opção para o lugar de Cazares. O camisa 7 não pôde atuar contra o Bahia, pois fez parte do grupo de dez atletas envolvidos no caso de falso positivo no exame de Covid-19.

 
 

 
 

Por conta disso, Mancini utilizou Araos contra os baianos. O chileno teve atuação discreta. Contra o Ceará, Luan deve ser o titular da posição. O treinador ainda poderia utilizar Mateus Vital e Camacho na função, mas são opções menos prováveis.

O problema é que nenhum deles brilhou como Cazares no Corinthians nesta temporada. A ausência do equatoriano preocupa na reta final do Brasileiro, período decisivo na briga por uma vaga no grupo que se classifica para a Copa Libertadores da América.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL