x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Último jogo de Edu Gaspar no Corinthians completa 10 anos

 
       
 

Filho do Terrão participou da goleada alvinegra, contra o Avaí pelo Brasileirão

 
  Por:

Voz da Fiel

03/11/2020 10:42:49  
       
 
 
 
       
   Último jogo de Edu Gaspar no Corinthians completa 10 anos   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
 

A última partida de Edu Gaspar no Corinthiasns completa 10 anos nesta terça-feira (03). O Timão recebeu o Avaí no estádio do Pacaembu, em jogo válido pela 33ª rodada do Brasileirão 2010. O ex-volante entrou no segundo tempo e participou da goleada corinthiana por 4 a 0, que teve gols de Bruno César, Elias e dois de Ronaldo Fenômeno.

Para este duelo, Tite, treinador da época, escalou o Corinthians com Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Paulinho, Jucilei, Elias e Bruno César; Iarley e Ronaldo.

 
      
 

 
 

Ainda no primeiro tempo, Bruno César abriu o placar marcou para o Coringão e deixou o Timão em vantagem no placar. Na segunda etapa, o Timão ampliou com Elias e, ao final da partida, Ronaldo fez mais dois, garantindo a vitória corinthiana.

Edu foi formado nas categorias de base do Parque São Jorge, sendo herói da conquista da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 1999, ao marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Vasco na final, disputada no Pacaembu. Neste mesmo ano, subiu para o profissional e era como um 12º jogador da equipe, entrando na maioria das partidas nas posições de primeiro-volante, segundo-volante e até meia pela esquerda.

 
 

 
 

O Gaspar conquistou dois Campeonatos Brasileiros, um Paulistão e um Mundial de Clubes FIFA. Neste último, cobrou e marcou um dos pênaltis do Timão, que deram a vitória na final contra o Vasco, nas cobranças alternadas após empate por 0 a 0.

Edu chamou a atenção de clubes da Europa, se transferindo para o Arsenal, em 2001 e, anos depois, para o Valência. Em 2009, após passagem pela Europa, ele voltou ao Alvinegro. Permaneceu por pouco mais de um ano, e anunciou sua aposentadoria no começo de 2011. Com a camisa corinthiana, atuou 121 vezes e marcou um gol.

Logo depois de se aposentar, virou dirigente em 2011. Como Gerente de Futebol do clube, o ex-volante participou das conquistas de dois títulos brasileiros (2011 e 2015), um paulista (2013), uma Recopa Sul-Americana (2013), uma Libertadores (2012) e o Bi do Mundial de Clubes da FIFA (2012).

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Corinthians