x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Mancini se diz orgulhoso e diz que foi uma vitória com cara de Corinthians no clássico

 
       
 

Se não fosse a quantidade de gols perdidos o Corinthians poderia ter implacado uma goleada no clássivo

 
  Por:

Voz da Fiel

14/12/2020 06:13:39  
       
 
 
 
       
   Mancini se diz orgulhoso e diz que foi uma vitória com cara de Corinthians no clássico   
  Foto: TV Corinthians/Corinthians  
       
 

O técnico Vagner Mancini exaltou a postura aguerrida de seus jogadores na vitória de hoje (13), por 1 a 0, contra o São Paulo, na Neo Química Arena.

Além de dizer que seu time teve "cara de Corinthians" nos minutos finais da partida, o treinador também admitiu que utilizou a invencibilidade frente ao rival na Neo Química Arena como um fator de motivação. Em 13 cássicos disputados contra o São Paulo no estádio inaugurado em 2014, o Corinthians venceu 10 partidas e empatou três.

 
      
 

 
 

"Enalteço nossos atletas. Eles entenderam muito bem o que era para fazer, se doaram, acabaram o jogo exaustos, e isso é muito bonito de se ver. Eu sinto orgulho quando vejo minha equipe se doando nos momentos finais, mesmo sentindo cãibras, porque essa é a cara do Corinthians. A torcida se sente valorizada quando o time vence um rival dessa forma. E sim, usei o tabu (para motivar o time durante a semana). Usei o fato de nunca ter perdido aqui para o São Paulo, porque acho que isso também faz parte do jogo. Enquanto estivermos aqui, não queremos perder para ninguém. Muito menos para um rival", disse.

Mancini também valorizou a importância de o Corinthians ter vencido o líder do campeonato pela segunda vez desde sua chegada (a outra tinha sido contra o Inter) e vislumbrou a possibilidade de seu time lutar por objetivos maiores que a fuga do pelotão inferior no Brasileirão.

 
 

 
 

"Não tenha dúvida de que isso tem uma importância enorme para nós. Vencemos o líder do campeonato, fomos melhores no jogo, tivemos grandes oportunidades que foram desperdiçadas e aí, cabe até um puxão de orelha nos atletas, porque o jogo acabou ficando tenso em função disso, mas é importante ver que a estratégia deu certo. Algumas peças tiveram uma função bem específica e foram muito bem, como o Leo Natel. É a segunda vez que o Corinthians enfrenta o líder do campeonato aqui e consegue vencer. Isso fortalece o trabalho. É também nosso quarto jogo seguido sem tomar gols. O jogo do Corinthians tem que ser esse. A gente sabe que o patamar tem que ser outro, estamos em busca disso e essa vitória nos dá a possibilidade de sonhar um pouco mais no campeonato. Nós ainda estamos distantes do grupo que está um pouco mais à frente, mas, jogo a jogo, a gente vai buscar se afastar daquilo que nos incomoda e buscar outros objetivos", afirmou o técnico corinthiano.

Vagner Mancini chegou ao Corinthians na 16ª rodada do Brasileirão, quando o time ocupava a 17ª posição, com 15 pontos ganhos. Dez jogos depois, o Alvinegro se encontra na 9ª colocação da tabela, com 33 pontos.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel