x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Léo Natel esbanja otimismo e garante que a tendência é dar tudo certo para o Corinthians

 
       
 

o atacante esbanjou otimismo a cada questionamento e externou, em diversos momentos, a confiança de que o Corinthians vai melhorar

 
  Por:

Voz da Fiel

02/10/2020 17:08:01  
       
 
 
 
       
   Léo Natel esbanja otimismo e garante que a tendência é dar tudo certo para o Corinthians   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

Léo Natel ganhou oportunidade como titular do Corinthians na última quarta-feira, foi bem e apareceu na sala de imprensa do CT Joaquim Grava para conceder uma entrevista coletiva virtual na tarde desta sexta.

Apesar da timidez e das respostas sempre sucintas, o atacante esbanjou otimismo a cada questionamento e externou, em diversos momentos, a confiança de que o Corinthians vai dar a volta por cima.

“A gente sabe que a gente tem que melhorar, que tem coisas que a gente precisa melhorar muito, mas também não está totalmente tudo errado, acho que a gente faz coisas boas também. Isso é com trabalho que vai melhorar, conversando, a gente quer muito, trabalha muito, a tendência é dar tudo certo”.

 
      
 

 
 

Veja outros trechos da entrevista de Léo Natel

Pressão

“A gente não pode parar, não dá tempo de se lamentar, tem que continuar trabalhando, trabalhando forte, para o mais rápido possível voltar às vitórias”.

Rotatividade

“Na verdade, cada um tem uma característica de jogo, ele vem utilizando os jogadores para ver o que no momento está melhor e pode ajudar a vencer os jogos. A gente sabe que precisa dar essa resposta, vamos continuar com a cabeça erguida, o grupo é muito bom, é seguir trabalhando, tenho certeza que daqui a pouco vai encaixar”.

 
 

 
 

Momento individual

“Acho que o que eu devo fazer é o que eu venho fazendo, trabalhar forte, mostrar que tenho condições de ajudar, me doando a cada treino e no campo procurar sempre dar meu melhor. Mas, não adianta, fico triste, não adianta eu jogar bem. Eu quero é ganhar”.

Calendário apertado

“Agora não vai ter tempo agora para treinar, porque vai começar uma sequência de um jogo atrás do outro, a gente tem que se manter focado, independente se vai ter tempo ou não. A gente tem que entrar em campo, pensando agora no Bragantino, pensar em dar nosso melhor e ganhar os três pontos”.

 
 

 
 

Duelo com Braga

“Vai ser difícil, mas a gente é o Corinthians, a gente vai entrar forte e vai dar uma resposta. O grupo é muito bom, trabalhador, trabalha forte, tenho certeza que quem entrar vai dar conta do recado”.

Proximidade com Z4

“A pressão no Corinthians já começa desde o momento que tu veste a camisa, tu sabe a responsabilidade que é, ainda mais no Brasileiro, campeonato muito difícil, a gente hoje não se encontra num bom momento, mas daqui a pouco, vencendo os jogos, a gente já vai lá para cima, tenho certeza que a gente vai melhorar”.

Impressão inicial do Brasileirão

“Eu já sabia que o Brasileiro é disputado, forte, eu queria esse desafio para mim, está sendo difícil, porque tem jogadores de qualidade, procuro trabalhar e manter minha cabeça focada. Claro que a gente queria muito estar diante do torcedor, mas por conta do que acontece não está sendo possível. Claro que ia ajudar muito, mas com torcida ou sem torcida, a gente tem que vencer os jogos”.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Press