x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Jô e Mateus Vital estão com Covid-19 e desfalcam o Corinthians por pelo menos dois jogos

 
       
 

Jogadores estão assintomáticos e perderão duelos contra Atlético-MG, neste sábado, e Grêmio

 
  Por:

Voz da Fiel

13/11/2020 17:05:43  
       
 
 
 
       
   Jô e Mateus Vital estão com Covid-19 e desfalcam o Corinthians por pelo menos dois jogos   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

O Corinthians voltou a ter um resultados positivos em seu elenco para a Covid-19 após mais de quatro meses. Nesta sexta-feira, o clube informou que Mateus Vital e Jô foram diagnosticados com a doença e que iniciaram a quarentena em casa. Ambos estão assintomáticos.

Por conta da doença, o meia e o atacante serão desfalques para o Corinthians contra o Atlético-MG, neste sábado, às 19h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela 21ª rodada do Brasileirão, e provavelmente no dia 22, contra o Grêmio, também em casa. A quarentena dura de dez a 14 dias.

 
      
 

 
 

Vital não foi titular no empate por 1 a 1 contra o Atlético-GO na última rodada. Com a ausência de Otero, que está na seleção da Venezuela, brigava pela vaga entre os 11. Everaldo deve ser o titular.

O atacante Jô perdeu os últimos seis jogos por conta de uma contratura na panturrilha direita. Ele se recuperou bem e lutava por uma vaga entre os titulares. Ainda sem Boselli, com uma pubalgia, Matheus Davó deve seguir como titular.

 
 

 
 

O último caso que o Corinthians havia diagnosticado como positivo havia sido o do volante Victor Cantillo, em julho. No mês seguinte, Gil e Léo Natel perderam o jogo contra o Atlético-MG em Minas Gerais por conta de um "falso positivo". Na rodada seguinte, o clube conseguiu liberar a dupla.

Os jogadores do Corinthians são submetidos semanalmente aos exames. A última testagem, que identificou o positivo de Jô e Vital, aconteceu na quinta-feira. O clube agora torce para que eles não tenham infectado outros jogadores que ainda não foram imunizados.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte