x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Há 30 anos, Corinthians vencia o Bahia e se aproximava da decisão do Brasileiro de 1990

 
       
 

Timão recebeu a equipe baiana no Pacaembu e venceu por 2 a 1

 
  Por:

Voz da Fiel

06/12/2020 09:32:17  
       
 
 
 
       
   Há 30 anos, Corinthians vencia o Bahia e se aproximava da decisão do Brasileiro de 1990   
  Foto: Placar  
       
 

Após passar do Atlético-MG nas quartas de final do Campeonato Brasileiro de 1990, o Corinthians tinha pela frente o Bahia. No dia 6 de dezembro de 1990, o Alvinegro entrou em campo para a disputa do primeiro jogo da semifinal. No Pacaembu e com muita chuva, as equipes se enfrentaram e o resultado foi positivo para o Coringão, 2 a 1.

Nelsinho, técnico da época, escalou o Corinthians com um onze inicial formado por Ronaldo; Giba, Marcelo, Guinei e Wilson Mano; Márcio, Tupãzinho, Neto e Paulo Sérgio; Fabinho e Mauro.

 
      
 

 
 

Logo aos dois minutos de jogo, em cobrança de falta que desviou na zaga corinthiana, o Bahia saiu na frente. A reação alvinegra não demorou muito para acontecer. Após grande cobrança de falta de Neto, o goleiro adversário fez boa defesa e espalmou para escanteio. No tiro de canto, cobrado por Neto na segunda trave, o lateral-direito Giba cabeceou para o meio da pequena área e o zagueiro baiano fez gol contra, cedendo o empate para o Timão.

O Corinthians voltou a levar muito perigo em mais um escanteio batido por Neto. Dessa vez, Tupãzinho desviou, a bola bateu no travessão e foi para a linha de fundo.

 
 

 
 

No início da segunda etapa, a estrela de Ronaldo Giovanelli brilhou. Logo no primeiro lance, o arqueiro corinthiano fez grande defesa, após cabeçada do adversário.

A virada do Coringão saiu aos 18 minutos. Tupãzinho aproveitou a sobra da zaga adversária na entrada da área e sofreu falta. Na cobrança, Neto chutou com a perna esquerda no canto direito do goleiro e deixou o Timão na frente. O meia corinthiano chegava a nove gols no Brasileiro. No lance seguinte, o Timão chegou novamente e quase fez o terceiro com Tupãzinho, que acertou um forte chute de primeira dentro da grande área e o goleiro fez grande defesa.

Acabou assim o primeiro jogo da semifinal do Brasileiro de 1990. Na volta, um empate sem gols garantiu ao Timão o direito de disputar a final contra o São Paulo.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Corinthians