x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Filho de Fagner evita apelido com o nome do pai e diz que no Corinthians ele é o Henrique

 
       
 

Filho de Fagner, do Corinthians, assinou o seu primeiro vínculo com o clube

 
  Por:

Voz da Fiel

21/12/2020 05:49:40  
       
 
 
 
       
   Filho de Fagner evita apelido com o nome do pai e diz que no Corinthians ele é o Henrique   
  Foto: Reprodução/Internet/UOL  
       
 

Quem escuta Henrique Lemos falar se esquece por alguns momentos da pouca idade. Aos 10 anos, o filho de Fagner, do Corinthians, dá os primeiros passos no futebol, inspirados na trajetória do pai, e faz planos para o futuro como jogador de futebol.

O talento promissor já é reconhecido pela torcida corinthiana nas redes sociais, e recentemente, também pelo clube. Há pouco mais de um mês, assim como Fagner, Henrique assinou seu primeiro contrato com o clube. Mas para o aspirante a craque, o apelido de Fagninho está prestes a acabar.

 
      
 

 
 

"Eu gosto de ser chamado pelo meu nome, Henrique! Se for falar "Fagninho" é meu pai, que chama Fagner e fica Fagninho. Mas não, sou o Henrique", ensinou, em entrevista ao programa Esporte Espetacular, da TV Globo.

Henrique tem o exemplo em casa, e já fala como um atleta profissional. "Estou passando por tudo que meu pai passou. Agora é só assinar mais contratos pela frente. É uma escada: vai subindo cada vez mais até chegar no topo".

Henrique chegou ao futsal do Corinthians ao sete anos, e a partir de agora, integrará a equipe sub-12 do futebol de campo, algo incomum na idade.

 
 

 
 

O talento de Henrique é uma unanimidade no clube desde os futsal. Quem frequenta os treinamentos da equipe principal certamente já viu demonstrações de sua habilidade com a bola em brincadeiras com o pai após o fim das atividades. Ele já esteve até mesmo nos treinos da seleção brasileira.

"É muita emoção estar do lado de Neymar, meu pai, é muito legal para mim. Ainda mais eu que sou uma criança de dez anos, muito legal, muito! Bom para já ir aprendendo... Depois daquele dia que eu tentei dar uma caneta no Neymar todo mundo veio falar comigo!", relembrou.

Henrique Lemos assinou com o Corinthians por uma temporada apenas o vínculo federativo, como permite a lei. No entanto, o Corinthians serve como registro para que o clube tenha direito a valores relativos ao mecanismo de solidariedade da Fifa no futuro.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL