x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Fábio Santos volta ao Corinthians por indicação do técnico Vagner Mancini

 
       
 

Lateral-esquerdo de 35 anos volta ao Corinthians para fortalecer vestiário e ajudar Piton

 
  Por:

Voz da Fiel

17/10/2020 09:05:56  
       
 
 
 
       
   Fábio Santos volta ao Corinthians por indicação do técnico Vagner Mancini   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
 

Cinco anos após deixar o Corinthians para jogar no futebol mexicano, Fábio Santos deve ser anunciado até o começo da semana como o 11º reforço da temporada.

Aos 35 anos, o lateral-esquerdo retorna ao Timão como uma indicação de Vagner Mancini. Segundo fontes ouvidas, o treinador teve "100% de influência" na contratação.

Os dois trabalharam juntos em 2019 no Atlético-MG, e o treinador viu no lateral-esquerdo uma grande referência técnica e psicológica. Eles estiveram juntos no segundo turno do Campeonato Brasileiro.

 
      
 

 
 

O contrato deve ser até o fim de 2021 e, assim como ocorreu com Otero e Cazares, ele sairá de graça do Atlético-MG. Fez 13 partidas na temporada, cinco delas no Campeonato Brasileiro.

Bicampeão brasileiro (2011 e alguns jogos em 2015), campeão paulista (2013), da Libertadores, da Recopa e do Mundial pelo Timão, Fábio Santos fez 214 partidas pelo clube na primeira passagem, com 14 gols. A chegada preenche o vestiário com mais um jogador com espírito de liderança.

 
 

 
 

O Corinthians, que deixou a zona de rebaixamento na rodada passada, vive ano bastante irregular. Atualmente ocupa a 14ª posição no Brasileirão, com 16 pontos.

Embora já tenha 35 anos, Fábio Santos é bem avaliado fisicamente. A comissão técnica acredita que ele poderá ser útil tanto na lateral quanto no meio-campo. Além disso, como sempre se destacou taticamente, pode ajudar na evolução de Lucas Piton, hoje titular com apenas 19 anos.

Ainda bastante motivado com o futebol, Fábio Santos tem dito a pessoas próximas que pretende jogar por mais duas temporadas completas, até o fim de 2022, antes de se aposentar como jogador.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte