x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians volta a ficar devendo dois meses de salários para os jogadores do profissional

 
       
 

Andrés Sanchez (presidente), Matias Romano Ávila (diretor financeiro) e Roberto Gavioli (gerente financeiro) são os responsáveis pelas finanças do clube

 
  Por:

Voz da Fiel

13/10/2020 12:07:33  
       
 
 
 
       
   Corinthians volta a ficar devendo dois meses de salários para os jogadores do profissional   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

O Corinthians voltou a somar dois meses de atraso nos salários dos jogadores profissionais. A dívida é com os atletas que fazem parte do atual elenco e também com os emprestados, que recebem integral ou parcialmente do clube.

As parcelas atrasadas são referentes aos pagamentos que deveriam ter sido realizados nos dias 5 de setembro (referente a agosto) e, agora, mais recentemente, 5 de outubro (referente a setembro).

Não é a primeira vez que a diretoria acumula mais de um mês de atraso nos salários. A última vez que "pingou" na conta dos atletas foi no início de setembro, quando foi depositado três dos quatro meses pendentes (junho, julho e agosto), ficando aberto o mês de setembro.

 
      
 

 
 

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Corinthians para saber se haveria uma previsão de quitação. A informação passada foi de que diretoria e jogadores têm conversado constantemente e que o elenco já tem ciência de quando a pendência será resolvida.

Grana do Pedrinho

O Corinthians ainda não desatou o nó da transferência de Pedrinho ao Benfica, de Portugal. O clube antecipará a maioria parte dos R$ 120 milhões em um fundo de investimentos na Europa, mas o dinheiro segue sem entrar nas contas alvinegras. A negociação por um juros menor é a pendência da vez.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Rodrigo Vessoni (Meu Timão)